terça-feira, fevereiro 13, 2007

"I love mankind; it's people I can't stand."

"Eu amo a humanidade, são as pessoas que eu não consigo suportar"
Frase de Linus, personagem dos quadrinhos do Charlie Brown.

Especificamente falando de relações amorosas, nós deveríamos viver juntos em harmonia, mas quanto mais o tempo passa, mais eu me convenço que relações humanas não são uma coisa assim tão natural quanto deveria ser.

A Jana comentou nesse post que uma mulher apaixonada é intensa. Ouvi falar que numa dimensão paralela, os homens também (só prá não perder a piada).

O mais importante e gostoso, a intensidade, a paixão, o amor, o sentimento sem medidas, que trazem harmonia a relação, são mal interpretados, e essa intensidade transforma alguns seres, em manipuladores. Os parceiros cometem injustiças e barbaridades com sua dita "cara-metade".

Eu me deixei manipular muitas vezes, pouca auto-estima, acho que eu pensava que quem eu amava (ou pensava que amava) tanto, jamais seria capaz de fazer algo que me maltratasse emocionalmente...

Lee, numa conversa, há alguns anos, quando namorávamos disse: "É bom viver numa sociedade regida pela moral cristã que ensina a culpa, a ser mártir, desde criança, porque aí quem quiser, pode manipular o outro usando a culpa que ele sente..."

A sensação que uma pessoa tem ao manipular outros parece ser algo que vicia... o manipulador se acha tão esperto e tão fodão, que subestima a inteligência de todo mundo, achando que todos têm obrigação de comprar suas mentiras convenientes...

Não estou julgando a índole alheia, o manipulador não é necessariamente uma pessoa má ou desmerecedora de amor, o manipulador é antes de tudo um ser mais carente que o outro que ele manipula, é um ser que se ama tão menos que o outro que só vê sentido em sua existência se se souber amado. E sua visão de ser amado é essa...

Durante cerca de seis meses freqüentei o Grupo Mada, porque me vi enquadrada no perfil de uma "mulher que ama demais".

Sinceramente, eu não estava num nível tão intenso como era o de algumas frequentadoras do grupo, tinha mulher ali que era pau de dar em doido!! Mas valeu-me muito a experiência, na minha busca pelo equilíbrio.

Quem muda não agrada quem está em volta, e para um manipulador, perder seu objeto é o que de pior pode acontecer! E quando seu objeto sai do padrão um manipulador não se cansa e não se dá por vencido, humilhando-se de todas as formas, porém cego por conseguir satisfazer sua ânsia por fazer o outro agir como ele quer.
Por isso a cada dia que passa, acho que será difícil eu me relacionar novamente com alguém, apesar do desejo que sinto de me envolver.

8 comentários:

Segredos da Esfinge disse...

Jade,
Não há relacionamento que dure se fizermos o que o outro deseja e a nossa verdadeira personalidade ficar acuada, claro que conviver é uma troca, é uma doação.
Só não podemos esquecer que quando alguém teve/tem interesse por nós, teve/tem pelo o que somos em nossa essência, e quando se muda a essência já não há mais o mesmo encanto.
beijos

Fernanda disse...

Já dizia a vovó, que as pessoas só fazem com vc, aquilo que vc permite...

No entanto, manipulação é algo sutil, que passa mais pelo inconsciente por todas as suas culpas e interpretações do que é o amor...

De certo, algumas pessoas têm uma habilidade maior para manipular, mas creio que se ficarmos atentos, vc pode até ser manipulado, como disse isso passa por registros mentais, mas podemos limitar essa manipulação a níveis aceitáveis...

De qualquer maneira, o relacionamento mais sadio é aquele onde existe o mínimo de manipulação, porque nenhuma manipulação é um tanto utópico...

João disse...

É aquela coisa, se você precisa demais de alguém é hora de mandar essa pessoa embora...Estar com alguém por necessidade nõa é um bom sinal...Do alto da minha experiência quase ridícula em relacionamentos, acho que nada de bom pode sair de qualquer tipo de dependância...

Sujeito Oculto disse...

Concordo com o Lee, mas o problema é quando você é o manipulado! Não acredito na humanidade nem em Deus e mal acredito nas pessoas. Nasci no planeta errado?

J@de disse...

Esse post rendeu... quem já foi manipulado, por deixar, por não perceber, por carência, sabe como é ruim e acho que todos aqui em algum momento foi, né?
Beijos procês!!

Beto disse...

Às vezes eu acho que nós, seres humanos, não fomos feitos para nos relacionarmos amorosamente com outros, mas fazemos isso de abusados que somos....

Solange A. disse...

Eu já fui manipulada sem perceber, com certeza. Um dia, acordei pra vida, graças a Deus. E foi uma lição que trago dentro de mim até os dias de hoje.

Beijinhos

Lee disse...

"Manipulação" é um termo que carrega uma carga negativa, mais uma vez pelas armadilhas da Moral...

Na verdade manipular é algo que fazemos todo o tempo, o que temos que fazer é aprender a utilizar essa capacidade sem magoar aqueles que são importantes...

Difícl, mas não impossível...