segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Mais do mesmo...

Minha prima mudou-se para o bairro onde nós duas moramos antes, encontrei vários amigos, matei as saudades, estive também com meu pai que mora lá. Voltei ontem debaixo de chuva, fui prá casa descansar!! O filhote só voltou hoje prá casa.

Mas eu adoraria chegar aqui hoje e escrever que, nesse fim de semana eu encontrei o amor da minha vida (ô carência da porra viu?). Queria também falar sobre como ele é maduro, interessante, independente e como tivemos sintonia na cama...

Em vez disso encontrei um homem, ex-marido de minha prima. Ficaram juntos uns quatro anos, ela engravidou, o moleque tem um ano e meio, há quase um ano ela terminou com ele. Se alguém precisa de motivo para respeitar outra pessoa, essa criança já seria um motivo.

Vi um homem mimado, imaturo, babaca e sem respeito. Tão sem respeito que, gritava para o prédio inteiro ouvir que ele bancava tudo, que a "filhadaputa" ia embora, que ia tomar o filho. Um detalhe, ele paga parte das despesas da criança, nada juridicamente determinado. Outro detalhe, ele tem 55 anos.

O animal em vez de assumir que gostaria que minha prima continuasse morando perto e que, já que ela não estava em condições de arcar com as despesas, que a ajudaria, até ela se aprumar, porque quer o filho perto, não!! Ficava esperneando e gritando igual um sei lá o que!!

Eu que não costumo ser barraqueira com os outros (só quando o babado é comigo, aí eu visto logo minha saia de baiana), quase perdi a linha com ele ao ponto de falar mais alto do que normalmente falo. Bem, agora já era, ela se mudou e ele ficou lá... chorando!!

Conheci mais um homem... jovem, mora com a mãe e tem uma namoradinha, é católico(carismático), mas bebe, fuma e gosta de dar umas trepadas por fora. Acho até que ele deveria ser melhor na cama, já que gosta tanto das escapadas. Mas isso não importa, ele deve pensar que no domingo ele comunga e fica tudo certo né? Eu que não tenho religião nenhuma ajo de maneira mais correta do que certos religiosos... eu heim!!

Esse fim de semana eu adoraria dizer que conheci ou encontrei um homem maravilhoso, que, se não fosse o amor da minha vida, ao menos seria uma companhia masculina agradável, mas não rolou... sei de homens interessantes que me agradaria muito conhecer ou encontrar... mas infelizmente não há sintonia.

Pra Ninguém (Por Enquanto)
Dinho Ouro Preto / Alvin L.

Ninguém pra ligar
E dizer onde estou
Ninguém pra ir comigo onde eu vou
Por outro lado
Ninguém pra abaixar o volume
Ninguém pra reclamar dos pratos sujos
Ninguém pra fingir que eu não amo

Toda noite no mesmo lugar
Eu abro os olhos
E deixo o dia entrar
Pra ninguém, pra ninguém

Ninguém pra dizer quando eu devo parar
Ninguém na casa pra poder acordar
Do meu lado
Ninguém pra contar novidades
Ninguém pra fechar as cortinas
Ninguém pra brigar de vez em quando

Toda noite no mesmo lugar
Eu abro os olhos
E deixo o dia entrar
Pra ninguém
Pra ninguém

4 comentários:

Segredos da Esfinge disse...

Eu disse que minha lista era melhor, esqueceu?
- O TANQUE
- O BANHEIRO
- O CHÃO
- O FERRO
- O RODO
- O ASPIRADOR

Só vc mesmo.
Bjos

Fernanda disse...

Ninguém merece!

simaocireneu disse...

Putz, a dor de cotovelon continua, não?
Amplexos!

Andorinha... disse...

Vixe...Antes só do que mal acompanhada, sempre, né, Jade?!
Beijos,