quarta-feira, maio 02, 2007

Se não é amor?

Se não é amor (Alcione)
Luciana Browne - Carlos Colla

Se não é amor
Por que você me olha desse jeito,
E faz essa bagunça no meu peito,
Em cada vez que a gente chega perto?
Se não é amor...
O que que eu tenho a ver com a sua vida
Por que não aceito logo a despedida,
Te deixo, vou embora e tudo certo?
Se não é amor...
Por que que eu não arrumo outra pessoa,
E aceito esse teu caso numa boa,
Porque que eu não me sinto indiferente?
Se não é amor...
Por que que eu não encontro graça em nada
Por que me sinto à margem de uma estrada
Por que não é tudo diferente?
Se não é amor...
Por que que ainda fico a sua espera
Por que, mesmo sabendo que já era,
Meu coração não sai desse castigo?
Se não é amor...
Por que ainda deixo a porta aberta
Por que que essa saudade não se aquieta
Por que que eu não me esqueço de você?


O comportamento de certas pessoas nas relações amorosas são tão esquisitos e chatos viu? Ás vezes falam-se coisas da boca prá fora, tomam-se atitudes padronizadas, e eu tenho a impressão que a pessoa sequer tem noção do que fez...

Você está interessada num cara, saem um mês direto e do nada ele some! Você procura ou não, dependendo do seu grau de ansiedade e interesse. Quando eventualmente vocês se encontram e ele não tem prá onde correr vem logo a frase: "Sabe o que é? Eu me afastei porque não queria magoar você." Mas tendo sumido sem aviso prévio, já não magoou?

Ou você fica com um cara num dia, ele some e aparece um mês depois e some, e no outro mês e some... quando você se enche e pergunta qual é ele diz: "Ah eu tenho medo que você se apaixone e sofra." Medo por você? Mas porque é que, quando ele procura por você a cada mês ele não tem medo?

Tive uma relação muito problemática em que, num dado momento eu parei para me perguntar se ainda estava apaixonada por ele ou apenas contrariando a mãe dele que me disse que "aquilo" logo iria acabar porque só ela aguentava o cara...

Gosto da Alcione, da interpretação que ela dá às músicas, mas ouvindo essa música segunda-feira (eu mesma que coloquei) fiquei pensando...

Se não é amor o que pode ser? Cisma, submissão, dominação, teimosia, disputa, vontade de manter o controle, "ganhar".

11 comentários:

Segredos da Esfinge disse...

Nem vou comentar nadica de nada.

Fernanda disse...

Muitos homens temem demais compromisso... Ainda é um mistério pra mente feminina... rs

Cris disse...

Esse verde me encanta...
Bjs.

Suzi disse...

às vezes é neura meeeeeerrrrrrrrmo!
:o)

Sujeito Oculto disse...

É covardia, já fiz muita merda por causa disso também. Mas também o amor é fácil de confundir.

Rubina disse...

O medo afasta o amor.É verdade que às vezes não sabemos o que sentimos, mas de tanto querer controlar acabamos matando o melhor da relação. Beijo

Coluniandos disse...

Eu como assumo que teho muitas deficiências. Sou estranho e egoísta quanto ao sentimento alheio. Mas quando gosto ferrenhamente sou mais simples e fácil.
Ah, se valher de alguma coisa, quando se faz algo em grupo o risco de dar algo errado é maior do que na individualidade. Abomino a cópia. Obrigado, se se significar algo pra você.
Elton Cruz
ps: O verde é tudo!!

Simaocireneu disse...

Jade, caríssima, passei apenas para dizer que não tenho nada a dizer, senão ler os seus escritos e refletir sobre eles. Ah!, consertei seu endereço lá no meu blog.
Amplexos às carradas!
Simão

Mari disse...

Jade,

Comigo era assim. Não me desse bola, ah é! "Peraí mermão". Outro no lugar o pronto! É só não dar ibope, e isso eles adoram, hum, hum, tá bom...

Mari disse...

E por falar em Alcione, a propósito, fiz um post em meu blog com a música Pode Esperar. Acho a letra dessa música providencial, especialmente para o assunto.

Bjs

Mari

Joana disse...

O que é isso, eu não sei, ficaria aqui a elaborar sobre isso e ainda daria um blog, mas tenho a certeza de uma coisa, você merece muito melhor que isso, aliás todas nós merecemos melhor que isso. Certeza absoluta...
Bjão