quarta-feira, dezembro 26, 2007

Pra nunca perder esse riso largo...

Não sei porque, quando estou em casa mal chego perto do computador, acho que é porque ele está no quarto do meu filho que é uma zona infernal e me dá agonia de ficar lá!! O blog sofre, tadinho, mas sem tesão, não vale a pena postar!

Ia postar na segunda, porque não trabalhei na sexta, mas... não rolou. Paciência, espero que os amigos tenham ficado com as pessoas que amam, coisa que devíamos poder fazer todo dia, sem ser preciso uma data, nem para dizer que amo, nem para dar presente, nem mesmo, para quem acredita, celebrar o nascimento de Jesus, porque essa data também é inventada!!
Não gente, não sou uma adolescente rebelde que odeia o mundo, tampouco uma eremita que prefere isolar-se, eu só não ligo muito para datas, mas obrigada aos amigos que estiveram aqui espero que todos tenham sido cercados de muito amor!!

Então, aproveitando que estou com tempo e inspirada, vou logo fazendo meu levantamento de fim de ano, antes que passem esses dois dias (pronto, um já passou), eu vá novamente para casa e só volte ano que vem!! Dá licença que eu novamente não vou trabalhar na sexta??

Bem, esse ano foi meio "filhadaputa" financeiramente e de saúde, mas foi um ano de crescimento pessoal!! Começo 2008 dura que nem um coco, mas sem dívidas, com lesões de psoríase, em processo de melhora, meio triste por estar de coração vazio, mas livre de relações doentes.

Não emagreci o que queria, mas continuo sem fumar, anistiei de vez minha família pelos traumas que eu alimentei, desfiz, firmei amizades, amadureci muito emocionalmente, o que vai me render um bom período de solidão amorosa, mas de muita prazer comigo mesma!!

Continuo satisfeita com o Blogger. Conheci blogs de homens e mulheres interessantes e maravilhosas!!

Gustavo e Joana, tão jovens e tão sábios, Muneo que dá vontade de namorar, Leandro, Claudia Lyra inteligentes que só, Sall e Oscar Luiz homens gentis como pouco se vê, Guilherme, Lucas Diego, garotos mais maduros que muito marmanjo que eu conheço, Clarinha que emociona com meia palavra, Dani que do nada foi amiga como não foi minha amiga de 30 anos, Cin, Suzi, Drika mulheres intensas e apaixonadas!!

Não foi sem pensar que não coloquei todos da minha lista, essa foi uma pincelada, que ninguém se sinta de lado, porque eu valorizo todos que leio, até porque, quem reparar, vai ver que quando alguém deixa de interessar eu tiro da lista.

No balanço geral foi um ano de boas colheitas, aprendi até a tirar foto, coisa que detesto porque sempre fico torta, barriguda, sem graça, e isso e aquilo!! Marcinha vai me ensinar a encontrar meu melhor ângulo!!

A foto do outro post é de uns dois anos atrás, tirei de sacanagem, e por acaso estava no micro. Para este resolvi tirar uma hoje, e não é que ficou engraçadinha??

Amigos, ao ouvir essa música hoje, resolvi dedicar a vocês!! Que estejamos preparados para a realização de nossos desejos a partir de hoje!!

Cuide-se bem
Guilherme Arantes

Cuide-se bem, perigos há por toda a parte
E é bem delicado viver de uma forma ou de outra
É uma arte, como tudo...
Cuide-se bem, tem mil surpresas a espreita
Em cada esquina mal iluminada
Em cada rua estreita, em cada rua estreita
Do mundo...
Prá nunca perder esse riso largo
E essa simpatia estampada no rosto...
Cuide-se bem, eu quero te ver com saúde
E sempre de bom humor e de boa vontade
E de boa vontade com tudo...

11 comentários:

Patty disse...

Oi Pattsy!!!
Como foi de Natal mulher? Espero que muito bem!
Lembra de nosso último papo? Então... positivaço, estou gravidíssima, 2 meses e pouquinho. E outra coisa boa; passei no vestibular..., já sou a mais nova univesritária no curso de Letras!!! URRRUUUUUUU!
É isso aí amore; espero que 2008 também venha recheado de coisas maravilhosas pra você fofy´s!
bjoka da sua xará;
*Patty

Claudia Lyra disse...

J@de, querida, obrigada pela citação! Não sei se posso concordar com sua opinião sobre minha inteligência, mas, vindo de você que é notadamente perspicaz, é um elogio e tanto!!! Beijos!

Lucas disse...

J@de, grande amiga que ganhei.
Fico feliz pelo seu otimismo para o próximo ano, também sou otimista pra caramba.

Um brande abraço, tudo de bom para ti e tua família, um feliz ano novo.

°Nathália° disse...

2007 foi produtivo para todos!

Êêêê!
Rs.

Falo logo que não foi um ano bom pra mim. Chorei mais do que em toda minha vida junta!
Mas eu aprendi muita coisa, revi muitos conceitos e amadureci!

E desejo a você não só um 2008 cheio de coisas boas, mas sim uma vida inteirinha!

Beijos!

Ps.: Também não ligo pra datas... Pra mim, elas acabam por nos programar ao que fazer, dizer e sentir.

Turmalina disse...

Eu sempre me emociono com esta música....lembra da minha fase adolescente....que foi muito boa e hoje já é muito distante.
Cuide-se bem!!!
Beijosss

drika disse...

ai, amei a descrição!
muito obrigada!

e sinto o mesmo em relação a vc!
adoro sua escrita e sinto falta qdo não leio!
é quase como família!
um beijo grande.

Codinome Beija-Flor disse...

Cuide-se bem também.
Um 2008 cheio de desafios, mas com alegria também que sempre é muito bom.
Beijinho

Joana disse...

Já tinha saudades deste blog maravilha! :)Faz-me bem!
Encantada com o elogio!
Óptimo 2008! Beijão

Dani disse...

Que linda homenagem em ser mencionada no seu blog! Adorei !!! Obrigada ! vc é mto especial!!

Sall disse...

Salve, moça! Muito orbigado pela lembrança no post e tbm pelo adjetivo empregado...rs, fiquei todo pimpão...rs. Você tbm é uma grata surpresa nesse nosso mundo virtual.
Escreva bastante esse ano, adoro ler!
Bj carinhoso e ótimas vibrações p/vc!!! Cuide-se!

Esther Alcântara disse...

Olá, Jade,
Caí meio de para-quedas no seu blog e amei o que li, seu jeito expontâneo e franco. Identififiquei-me bastante e a astrologia confirmou: sou taurina de 24 de abril e vou copletar agora 41 anos. Você também?
Mas porque eu fui lembrar da música "pra nunca perder esse riso largo..." e procurar a letra? Nem lembro mais. Talvez para fazer uma nova amiga carioca...rs. Faça uma visitinha ao meu blog quendo puder: http://tecidodepalavras.blogspot.com.
E PRESERVE seu riso largo acima de tudo.
Grande abraço,
Esther