quarta-feira, dezembro 12, 2007

Um olhar de soslaio e um coçar de cabeça...

Trabalho de parto,
Gonzaguinha


Ninguém desconfiou de sua gravidez. Cegos talvez pela esperança vã de que fosse apenas excesso de peso, e o passar do tempo deixou o assunto no esquecimento.

Mas ela estava grávida. Essa madrugada, três horas da manhã acordo assustada e vejo uma pequena poça... a bolsa rompeu! Pulei da cama e procurei um lugar confortável, porque parecia que logo nasceria. O pai do lado de fora andava de lá prá cá.

Eu acariciava a barriga e forçava um pouco para baixo, para ajudar no parto. A respiração foi ficando ofegante logo nasceu!! Sem muito esforço, naturalmente!!

Preparada para mais de um, esperei um pouco. Continuei apalpando a barriga. Demorou um pouco mais e nasceu o segundo!! Ainda não havia cortado o cordão umbilical do primeiro, mas pensei que tudo seria feito de uma vez, já que eram dois.

Fui dormir. Quando acordei hoje de manhã, haviam três!!

É gente, não pensei que fosse ser bisavó tão cedo, mas a Tigrinha teve três filhotinhos. Ainda não sei se o pai é o gato brancão safado ou se é pretinho, da vizinha que andou pulando meu muro também...

A foto não ficou muito boa, mas dá prá ter uma idéia... e aí, quer um gatinho??

6 comentários:

LoBnEwSs disse...

Hehhee, minha gatinha deu cria faz 1 dia, nasceram todos mortos por defeitos congênitos, acho que pela idade dela aliada oo fato de um dos gatos que a emprenhou ser filho dela.
Bom, mas ao menos ela esta viva, porém toda carente a coitada. O instinto de mãe vai durar um tempo.


ps.: Fiquei lendo o teu perfil que passa ali do lado. Tem coisa hein! Não tive nem paciência para esperar e ler tudo!

Codinome Beija-Flor disse...

Parabéns pela chegada da criança.

Bj

Suzi disse...

eu não saberia fazer isso...
parabéns, srª obstetra!
;)

Si disse...

Parabéns pelo nascimento na família, mta saúde a todos os membros!!!!
Se estivesse perto queria um gatinho sim!!!
bjinhos

Rubina disse...

Que lindo. Parabéns bisavó...lol...

loucamente disse...

q fofoooo!