terça-feira, outubro 12, 2010

Você não passa de uma mulher...

Você não passa de uma mulher
Martinho da Vila


Tem umas coisas que ficam martelando na minha cabeça e enquanto eu não boto aqui eu não consigo exorcizar!! Peço "licença poética" para o exagero do texto, mas o intuito é meter a boca no trombone mesmo!

Uma delas é a raiva que eu fico de algumas mulheres sabe? Tem mulher tão besta nessa vida! Eu queria saber porque tem gente que perde o tino passa a vida querendo a aprovação dos outros e a minha vida acaba virando um inferno!!

E quando a gente consegue se libertar disso tudo, como eu (que estou no caminho) e muitas mulheres que conheço, já dizem logo: "hum pronto, virou "sapatão", ou "ih, isso é coisa de mulher mal comida".

Ah bosta, decidam-se!! Se a mulher dá pra quem quer, é piranha, mas se é madura e independente, portanto fora do padrão esperado, tá mal comida??

Enfim, o que me dá raiva é que muita mulher é condescendente sim com os homens e com a sociedade em geral e chicoteia outra mulher.

E ainda tem umas que dizem, achando que estão desvendando o segrego do universo: "ah eu não sou amiga de mulher não, porque mulher é muito falsa, a maioria dos meus amigos é homem mesmo. Mulher é muito falsa, muito competitiva! Homem é mais sincero."

Então, não é bem a forma como vejo. O negócio é que ela perdôa o homem que finge ser seu amigo, mas no fundo só quer lhe comer, mas não perdoa a amiga que conheceu um cara legal que, talvez, algum dia, ela poderia ficar de olho.

Ela vai lá e fala que a Fulana foi falsa e competitiva!! Porque é que ela não fica feliz porque talvez a amiga tenha encontrado sua alma gêmea? E porque é que ela não fica com raiva do amigo quando descobre que o fingido e sacana só queria mesmo uma trepada?

Noutro dia na rádio um cara disse: "Ah pois é né, a gente não pega inimigo..." alowwwww!!

Então é isso que me dá raiva. Eu sou amiga de gente que não seja sacana, independente de seu sexo. Embora eu goste muito do ambiente masculino, pelo fato de que é mais divertido, não posso dizer que só tenho amigos homens.

E nunca, jamais, em tempo algum, um homem me faria perder uma amizade, e a mulher que dispensar minha amizade por causa de uma relação, posso dizer que já foi tarde!!

,É por essas e outras que são compostas músicas como essa do Martinho da Vila...

6 comentários:

::::FER:::: disse...

Minha lealdade enquanto amigo já foi trocada algumas vezes, uma vez doeu, cicatrizou, a outra doeeu mais, perdoei, mas a cicatriz ainda existe p me lembrar o que aconteceu ali...




:::FER:::

Dama de Cinzas disse...

Amei o texto! Você sintetizou em palavras coisas que viviam rodando na minha mente!

Essa parte foi perfeita:

"Então, não é bem a forma como vejo. O negócio é que ela perdôa o homem que finge ser seu amigo, mas no fundo só quer lhe comer, mas não perdoa a amiga que conheceu um cara legal que, talvez, algum dia, ela poderia ficar de olho."

Infelizmente vivemos num país que ser mulher é muito difícil. Porque temos que estar o tempo todo provando nosso valor e jogando nossa autoestima pra cima. Queria saber como é ser mulher em um país com outra mentalidade...

Beijocas

paulo disse...

Estas situações ocorrem em função de anos e anos de machismo enraizado na sociedade que é feita pelo e para o homem.
A questão como definistes, não é por cor, raça, credo, sexo que devemos medir nossos contatos e nossas amizades.

Beijo

Tatiana disse...

Querida Jade!!
Nunca consegui ser "muito" amiga de homem,(so coleguinha..rs),sempre acho que tem aquele interesse por tras,la no fundinho ta so esperando a brechinha..rsrs.
Sera preconceito meu??
Acredito muito nas mulheres, eu as amo,e tenho amizades femininas que duram mais de 25 anos(tenho 42).
Somos capazes de amizades muito fortes e duradouras, mas com essa capacidade deve vir outra, a de saber selecionar!!
Amiga cobra e invejosa???To fora!!!
Adorei teu texto Jade, voce consegue passar o que sente e principalmente tem uma genuidade muito grande!!
Beijocas!!
Ahhh...ja ia esquecendo! Super obrigada pelo comentário, o furacão ja bateu as botas e foi visitar Cuba...deixou so umas chuvinhas por aqui!!!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu não sou, mas imagino: como é duro ser mulher!
não pode ser gorda. não pode ser velha. tem que ser sexy.mas se é sexy, é biscate, é mulher fácil.
tem na outra mulher mtas vezes uma grande inimiga.
se é independente, é sapatona. se é casada e cuida de casa, é burrona e atrasada.

fora a tpm, a gravidez.
afff...

vc tem a coragem de dizer o que mta gente pensa e nunca disse. então te dou os parabéns por isso. seja sincera mesmo, quem gostar vai gostar do jeito que vc é. e quem não gostar, que arranje outro "amigo", ué.

boa sexta

Chica disse...

Colocaste muito bem toda a situação,Ficou legal!beijos,tudo de bom,chica