segunda-feira, junho 13, 2011

Das coisas que eu detesto!!

Há coisas e pessoas que me irritam e coisas e pessoas que eu detesto! As coisas que pessoas que me irritam eu apenas evito, as que eu detesto, eu esfregaria a cara num muro chapiscado, se pudesse!!

Mas a gente tem que ter controle né?? Então essas que eu detesto, eu evito também!!

Sabe aquelas pessoas que quando você fala sobre um filme dizem: "ah eu vi esse filme, pena que a mocinha morre..."

Ah bosta, vá pro cacete!! Eu perguntei por acaso qual era o final do filme? Por isso quando o papo vai pro lado de séries eu já aviso que não quero saber o final de nada!!

E quando sou eu que assisti, eu pergunto: você não se incomoda de saber? Porque dependendo do filme e da pessoa, não importa...

Outra coisa que eu detesto é quem fala dos outros, e se inclui, sabe? Porque na real o que parece é que o sujeito só quer falar da outra pessoa, mas se inclui pra não parecer que está sendo muito filhadaputa!!

Como nesse vídeo aí... que direito o sujeito tem de dizer que o outro é gay ou não, assumido ou não? Ele sabe da vida dos outros pra se achar no direito de falar??

6 comentários:

Simone Audrei disse...

Oi Jade! terrível o comportamento deste cidadão. Tem pessoas que perdem uma grande oportunidade de ficarem caladas. Ninguém tem o direito de expor a vida do outro, ninguém tem o direito de comparar sua vida com a de outros, ninguém tem ideia do que é a jornada do outro.
Quando não temos nada agradável ou no mínimo inteligente a dizer, o melhor é calar-se.
Bj.

Simone

Pandora disse...

Engraçado, eu me irrito com pessoas que começam a falar do filme e da série e não contam o final e os detalhes e ainda dizem: "Eu vi, vai vê!" Ah, como me dá raiva!!!

Mas, o que me irrita, me da vontade de pegar a pessoa e esfregar a cara dela em uma parede sapiscada é a falsidade, aff... quando vejo uma pessoa falando mal de alguém com o qual notadamente ela se dá bem me da um odio tão grande, uma raiva tão grande, deslealdade me dar nos nervos.

Dama de Cinzas disse...

Concordo com as duas coisas.

Odeio que me contem final de filme, de série, de qualquer coisa semelhante, quero ter o prazer da surpresa.

E quanto a esse sujeito aí. Lamentável. Como a Simone disse, perdeu a oportunidade de ficar calado. Aliás um exercício cada vez mais difícil de se praticar pelo ser humano. Saber a hora de calar...

Beijocas

Silvia C. Barbosa disse...

J@de...
Sou fácil de me irritar, e também cometo meu errinhos... Como de me incluir quando quero dizer algo, mas isso só entre eu e minha mãe, não saio metralhando ninguém já passei dessa fase e cada um sabe de si, né?

Massssssss "odiooooooooooo" que me contam final de filme,aiii e outra coisa, gente indiscreta, não suporto, assim como aquelas que usam da palavra sinceridade ou do termo " falo isso pq gosto de vc" qdo sabemos que não gosta m.. nenhuma... pra dizer maldade, jogar em cima da gente "suas verdades", sabe? Pelo menos assume que é grosso.

Beijossssssss

Fernanda Iasi disse...

Esse moleque aí, há 20 anos atrás não tinha nem onde cair morto, era uma bichinha pobre e perdida, agora "pensa" que virou gente e quer cagar regra! Ah me poupe! Eu bem conheço seu passado! Bjo tou com saudade!

Cristina disse...

Nossa eu sou mega irritadinha mas nunca pensei em esfregar a cara da pessoa em um muro chapiscado. Adorei a idéia.

Como sou vidrada em filmes, vive acontecendo de alguem me contar sobre o final... já aconteceu de eu me imaginar estrangulando a pessoa.

Qto ao moço do vídeo sem comentários. Como já disseram ele perdeu a oportunidade de ficar calado.

Bjs