quinta-feira, janeiro 11, 2007

De mim prá você...

Quando eu comecei nessa vida de blogueira, em 2002, conheci muita gente, meu blog foi destaque no weblogger e chegou a ter 50, 60 comentários por dia, mas de todo esse povaréu só continuaram me visitando a Buíke, a Sol (essas duas me conhecem do avesso) e a Jackie, que conheci um pouquinho depois.

Aí eu me mudei pro blogger.br, fiz novos amigos, já falei deles no post do ano novo. E aí a gente vai futucando aqui, vendo uma indicação ali, ficando curiosa com um comentário acolá e vai conhecendo mais gente né?

O mais recente conhecido, é J.Júnior do Lacunas e Espaços, vi um comentário dele no blog da Fernanda, fui conferir, gostei e linkei...

Ele disse num post que não sabe falar sério assim muito bem e usou uma música prá se expressar, aliás uma música de Bob Dylan do cacete!! E eu que sou useira e vezeira de falar as coisas com música, seja sério ou não, toda hora coloco uma letra aqui, essa é a da vez!!

Dor de cotovelo ainda, ou parte das resoluções de ano novo? Ladies and gentlemen, Vanessa da Mata!!

Não Chore Homem
Vanessa Da Mata

Você me dá muito pouco
E eu vou embora
O que você me deu
Vou jogar fora
O que presta pra mim
É afeição
Eu vou tentar ser bem mais competente
Na escolha da próxima paixão
Meu bem
Próxima paixão, meu bem
Próxima paixão, meu bem
Próxima
Próxima
Próxima

Eu quero alguém bem melhor
E mais bonito
Alguem que nem você eu não preciso
O resultado disso é solidão
Eu vou tentar ser bem mais competente
Na escolha da próxima paixão
Meu bem
Próxima paixão, meu bem
Próxima paixão, meu bem
Próxima
Próxima
Próxima

Não chore homem...

Mas as coisas não são assim
Não é vovó?
São coisas que a gente não escolhe nunca
As coisas do coração
Não é vovó?
Elas são como são ou a gente muda?

Amanhã eu não quero confundir
Atração sexual com ilusões de amor puro

Não chore homem.

4 comentários:

Emilia disse...

Olha que lindo o poema,simples e lindo.
E Vc já tinha aí em cima essa imagem belissima dessa gota de orvalho na flor e eu não tinha dado conta? Isso é delicadeza, qualidade que muito aprecio, como pode ver num postinho recente.
Reparei agora que Vc nasceu no mesmo dia da nossa revolução, essa em 1974.Ando descobrindo você. J@de, aos pouquinhos,eheh.
Bjo.

Dono do Bar disse...

Negativo, duvido que sua dor de cotovelo seua pior que a minha. Bem da verdade, tenho tendinite (LER) e passo me tratanto com remédios e calor profundo. Dói, viu? Machuca e fere.

Beijos.

DB.

Loiríssima disse...

No....no...no....eu te acompanho de longas datas tb. Sua ingrata!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Menina...que isso, dor de cotovelo??????? Quase não conheço isso. (até parece rsssssss).
Adorei essa música sabia???? Tb tenho mania de falar as coisas, através de música e essa seria perfeita para mandar para "alguém". rsss
Ótimo final de semana lindona....
Beijokasss Enormessss

Sujeito Oculto disse...

O legal é saber que eu fui a ligação para vários desses novos encontros! A Fernanda deu uma passadinha nos meus links :)

DB: Você já tentou "banho de contraste"?