segunda-feira, janeiro 15, 2007

Somente eu posso saber o que me faz feliz.
Sou um móbile solto no furacão...
Qualquer calmaria me dá solidão.

Um móbile no Furacão(Auto-retrato nu)
(Paulinho Moska)


Eu sou assim... não gosto de muito sossego viu? Acho que é por causa desse meu jeito esquisito, quando as coisas ficam calmas demais eu fico me sentindo mal, aí logo vêm os medos, a perturbação...

Mas que fique claro!! Eu gosto de agitação, coisas prá fazer, não de conflito!! Se fico à toa no trabalho, se falto à academia, se chego em casa e não tem nada de bom na televisão, ou ninguém que preste prá papear no bar, ou eu estou brigada com meu filho...

De maneira alguma sinto falta de briga, bate-boca, discussão, com filho, família, amigo ou namorado... isso eu detesto!!

Fico irritadíssima com discussões desnecessárias, religião, futebol, egos inflados, preconceitos, novelas, conhecimentos pessoais, misoginia, besteiras que não vão me acrescentar nada, ao contrário, só vão sugar minha energia por eu fico logo com vontade de dar um socão na cara, e na maioria das vezes não posso!!

E essa é a primeira, de cinco, das coisas chatas, irritantes, odiosas, xixi, coco, que a Fernanda, me pediu para listar!!

Deixo registrado que minha lista ia ser quase uma cópia da lista da Fernanda, então tentei escolher outras cinco coisas, senão, que graça ia ter né? Descobri que há nesse mundo muita coisa que me irrita!!

Em seguida vem... gente que pára em portas, caminhos e calçadas!! A pessoa sai do um elevador, de um prédio, de casa, da escada rolante e fica lá... paradinha na passagem!! Ai caralho, está esperando alguém? Chega pro lado, tem gente vindo atrás prá sair ué!! Econtrou com alguém na rua? Vai pro canto da calçada! Eu heim!!

Detesto receber visitas, já disse isso em outra ocasião! A não ser uma visita como a que recebi sábado, um ex-namoradinho, que já estava de assanhamento comigo e eu com ele, ligou perguntando se podiamos nos ver... ai ai, tudibom!! Voltando ao assunto, não gosto de visitas, acho um saco a pessoa simplesmente ir batendo na sua porta e: "Oi, tudo bem, vim ver como você está" Alooouuuu, telefona, manda um email, pergunta se rola!!

Fico irritada com os semideuses (ou deuses) que ficam atrás do volante!! Você vai atravessar a rua e o filho da puta (ou "a", porque tanto faz o sexo) acelera, aí você vê que o carro acelerou e dá uma parada, esperando o carro passar para poder seguir seu caminho, aí o puto diminui a velocidade e faz aquele sinal com a mão prá você passar... ai que raiva viu? Eu olho bem prá cara do sujeito e passo bem por trás, prá não mandar enfiar a falsa gentileza naquele lugar!!

Odeio ser chamada de tia!! Ah isso me irrita sobremaneira!! Tia é o cacete!! Tia é a irmã do seu pai e da sua mãe!! Nem vem, só me chama de tia quem é meu sobrinho e filhos de amigos que são muito amigos mesmo!!

Nem foi tão difícil assim viu? Vou escalar para fazer essa lista a Emília, de quem ainda não havia falado aqui, nem sei porque, é blogueira da melhor qualidade!!

Parece-me difícil existir algo que irrite essa moça, tão educada, delicada e doce, por isso estou passando para ela!! Põe no blog ou deixa aí nos comentários tá moça?

2 comentários:

Anônimo disse...

Ai meu cotovelo, ai meu cotovelo, ai meu cotovelo :(
Só não vou brigar, pois é a minha bonequinha Emilia, e até divido vc com ela.
Beijinhos.

fernanda disse...

Com exceção de alguns excelentes e íntimos amigos e que são poucos... também detesto receber visitas, gosto de privacidade, do meu canto... quando quero encontrar alguém eu saio...