segunda-feira, abril 16, 2007

Falando em cabelo...

Como se vê, nem sempre eu tive os cabelos curtos. Ao contrário, meu desejo sempre foi ter um cabelão, assim no meio das costas, mas o máximo que eu consegui foi esse comprimento da foto.

E porque eu cortei? Bem, primeiro porque dá um trabalho do cacete e eu não ganho o suficiente para gastar cem reais todo mês no salão fazendo relaxamento. E quando o cabelo alcança um certo comprimento, fica difícil fazer isso em casa.

E não é exagero, esse cabelo chacheadinho da foto está relaxadíssimo!! Se não rolar um alisamento básico minha gente, meu cabelo fica uma juba horrível, quase "black power" e eu não gosto!! Meu sonho era ter cabelos lisos sim!!

Bem, o segundo motivo é mais esquisito... o negócio é que, toda vez que eu estou encerrando uma relação, ou me decepciono com um homem, eu vou lá e detono o cabelo. Porque? Não sei, talvez seja uma forma de me punir, ou de me esconder (todo mundo sabe que os homens amam cabelos compridos).

Esta foto foi tirada em 98, um pouquinho antes da separação. Desde então eu tentei deixar o cabelo crescer umas 3 ou 4 vezes, mas sucumbi.

E ultimamente meus posts têm um tom de auto-análise, eu começo a escrever com outra intenção, quando vejo, bum!! Ou eu estou ficando velha e gagá ou está na hora de voltar prá terapia, eu heim!!

18 comentários:

Fernanda disse...

Vc tá muito bonita nessa foto!

Meu cabelo é complicado, é daquele que não chega a ser crespo como dos negros, mas tb não se classifica como ondulado... Eu o chamo de cabelo de fumaça, aquele que não faz cachos e só cresce pra cima... Foi um tormento ajeitá-lo por toda a minha vida... Mas eu não desisto...

Hoje em dia temos muitos recursos e não gasto muito dinheiro com ele, apenas dá trabalho, muito trabalho! Mas compensa quando ao final de tudo, estão lindos, sedosos e arrancando elogios... Compensa muito...

Se vc fez dois posts falando sobre o cabelo é porque algo está te incomodando... Pense a respeito... bjs

Michel disse...

Coisas de mulher, ainda bem que o meu só me custa R$7,00 a cada 20 dias. Um Sucesso. kkkkk

Segredos da Esfinge disse...

Jade,
Acho que sou uma espécie de "Sansão" talvez minha forma esteja nos cabelos... se cortar estarei derrotada.
Eu não preciso dos artifícios do relaxamento, adoro meus cachos, mas já uma boa tintura, banhos de cremes ... não me escapam (tenho que esconder a idade, que os cabelos brancos teimam em demonstrar.
Já pensou faria um belo alongamento? Hj em dia temos técnicas fantásticas com cabelo natural.
Beijos

Mosana disse...

eu jah tive compridos.. curtos.. indo e vindo.. mas nem todos homens gostam de cabeloes nao viu?
tem ateh comunidade no orkut de homens q amam mulheres de cabelos curtos!!!!!!
o importante eh se sentir bem com vc merma!
beijos

Jana disse...

meu cabelos são crespos, antigamente odiava, pq tinha muito volume, hj gosto deles...

beijos

Anônimo disse...

Menina, eu também fazia isso! Acabava uma relação e detonava o cabelo. Depois fiquei com trauma, não queria cortar de jeito nenhum... (vai ver que era pra evitar o fim de alguma coisa, vai saber...) aí me obrigaram aqui no meu trabalho.... agora liberaram e ele já está enorme. O bom disso tudo é que cabelo cresce, a gente pode variar... Pena que demora taaaanto. O cabelão está bem legal mesmo.
Beijos. Mana

andorinha disse...

J@de, também cortei meus cachos há uns 3 anos. Revolucionei. Fiquei à La Maria Rita. Mas hoje já estou de rabo de cavalo novamente...
Seja curto ou longo, o importante é estar bem de dentro pra fora...porque a luz vem de dentro.
Beijinhos!

Mulher revoltada disse...

Acho engraçado homens que dizem que isso é "coisa de mulher".

Se preocupar com cabelo, unha vestuário, não é coisa inventada pelas mulheres pra sofrerem, não!!!! Isso é imposto por uma sociedade que não perdoa uma mulher de cabelos brancos, unhas cortadas no toco e roupas desleixadas!!!

Acho engraçado, muito engraçado falar isso!!! Queria saber se a mulher do homem que fala isso, corta o cabelo no barbeiro de 7 reais?!!!!

Rubina disse...

Adoro cabelos aos caracóis, também tenho...lol...Dão trabalho mas também só penteio quando o lavo, dia sim dia não. O resto do tempo podem andar selvagens...lol

Beto disse...

Se é hora de voltar à terpaia eu não sei, mas que o texto tá divertidíssimo está...embora trate de algo sério.
bjs

Emilia disse...

De cabelo curto ou comprido Vc fica bem, porque tem um sorriso bonito, tem olhos bonitos (q eu já vi noutra foto sem óculos) e tem uma luz q brilha de dentro. Por isso pode até ficar careca ou de juba, tanto faz. Importante é que se sinta bem.
Bjos

J@de disse...

Emília vc é um doce mesmo, obrigada pelos elogios, apesar de ser uma decisão esquisita, e da vontade em tê-los longos eu acho que fico bem com os cabelos curtos também...
Beijos!!

J@de disse...

Fernanda, vc tá certa, tá mesmo incomodando... vamos ver que rumo isso vai tomar!!
Beijos!!

J@de disse...

Esfinge, vc é linda com esse cabelão, combina com vc!!
Beijos!!

J@de disse...

Michel, a Mulher revoltada falou uma coisa certa, a gente sofre com imposições sociais, se desse prá gastar 7 reais a cada 20 dias e ficar linda tava muito bom prá nós!! hehehehe!!

J@de disse...

Mana, acho que entender isso vai me trazer algum resultado...
Beijos!!

J@de disse...

Beto, o assunto é sério, mas eu tento mesmo tornar divertido, senão o que seria de mim né? Velha e rabujenta!! hahahaha!!
Beijos!!

Ana Téjo disse...

Eu só sei uma coisa: a gente NUNCA está satisfeita com o que tem. Eu, que tenho cabelos "de espaguete", passei aaaaanos da minha vida fazendo permanente para ficar assim, meio Gal Costa. Aff!