quarta-feira, abril 18, 2007

Só para constar...

"Devemos encarar com tolerância toda loucura, fracasso e vício dos outros, sabendo que encaramos apenas nossa própria loucura, fracasso e vício. Pois eles são os fracassos da humanidade à qual também pertencemos e assim temos os mesmos fracassos em nós. Não devemos nos indignar com os outros por esses vícios apenas por não apareceram em nós naquele momento."
Arthur Shopenhauer, Parerga e Paraliponema

Eu não conheço porra nenhuma de filosofia, não sou inteligente o suficiente prá ler, me confundo na leitura, acho pesada, cansativa. Mas quando li A cura de Schopenhauer, fui procurar um pouco sobre ele.

E buscando por aí, achei nesse blog umas citações machistas que ninguém merece!! Acho que ele era um bom "filhadaputa", isso sim!!

Enfim, esse trecho foi marcante. É o que eu acho, o que eu sempre digo. Se você pensa uma coisa absurda, não importa o quão absurda seja, se você pensou, saiba que alguém, em algum lugar, já fez ou vai fazer, simplesmente porque somos seres com a mesma essência.

Podemos ser mais bonitos (genética e gosto pessoal), ou ricos (esforço ou sorte), ou espertos (atenção ou aprendizado), ou perspicazes (experiência ou aprendizado), mas em essência temos tudo de bom e ruim dentro de nós, então não devemos nos assustar com os outros.

E infelizmente o ser humano pode fazer tudo de bom e tudo de ruim para si e para os outros. Aprendi a usar muito minha experiência. E quando eu vejo que alguma coisa está num padrão conhecido, eu nem me preocupo mais, sei qual será o desfecho.

Então porque passar por tantas desilusões amorosas né? Burrice e falta de auto-estima, somente.

Um comentário:

Fernanda disse...

Gostaria de ser tolerante o tanto quanto acho necessário uma pessoa ser... Mas infelizmente sofro de uma falta de paciência enorme que me faz ser menos, quando deveria ser mais...

No entanto, todo o sofrimento e desilusão que sofri me fizeram ver que é necessário nos colocarmos um pouco no lugar do outro para entendermos suas razões... Creio que se todos nós consequirmos fazer isso uma vez por dia, a humanidade tá salva... rs

Quanto às frases machistas, nem preciso dizer o quanto sou radical nesse sentido... Sou radical porque acho que lutar pelos direitos da mulher num país que a cultura é absolutamente machista, é uma forma de defesa, de "sobrevivência"... Todos os grupos mais fracos deveriam se unir para batalhar por igualdade e respeito... É uma questão de equilíbrio e justiça... bjs