terça-feira, abril 10, 2007

"Quando acaba uma paixão, aparecem os defeitos. E nada é perfeito, perde-se o respeito."

Quando acaba uma paixão
César Lemos


Paixão é uma sensação interessante. Tem gente que se apaixona e fica completamente cega. Essa paixão pode ser numa relação amorosa, ou de amizade e até mesmo profissional.

Aquela pessoa que começa a namorar e vira a cara pros amigos, ou começa uma amizade, e só fica cheirando o rabo (como dizia minha mãe) daquele novo amigo. E pasmem... ou não, aquele diretor que se encanta com o novo gerente ou a nova secretária e passa maltratar o resto do escritório porque não tem paciência prá mais ninguém.

Meu ex-marido era assim, pouco antes de nos separarmos ele estava apaixonado por um colega de trabalho e de copo. Fomos a uma festa e o sujeito, nem me cumprimentou, como eu dancei a noite toda não precisei ficar por perto, mas quando chamei prá ir embora ele mostrou uma raiva enorme e disse: bem que o Fulano falou que você não é mulher para mim.

Bem, por coincidência, dois meses depois eu pedi a separação. Alguns meses depois a empresa quebrou e nunca mais o sujeito procurou por ele. A paixão terminou...

Meu patrão também é assim, já o vi se apaixonar muitas vezes. E quando ele se apaixona, geralmente eu (escudeira fiel) me ferro toda, porque ele dá confiança pros outros e eu tenho que ficar me defendendo.

Há algum tempo atrás, eu falei de um homem insuportável que trabalha aqui. Esse homem me encheu o saco com seu comportamento misógino, mimado e grosseiro.

Um dia eu discuti com ele e mostrei que não estou aqui prá servir cafezinho e grampear papéis prá ele. Sou profissional e secretária de um homem só!! Mantive a firmeza ele se viu obrigado a me respeitar.

Por conta desse episódio, acabei discutindo com meu patrão, ouvi coisas que não queria, mas sei que meu patrão estava apaixonado, fiquei só esperando.

Semana passada a paixão acabou e ele botou o homem prá correr. Estão se falando e participando de reuniões, mas ele nem vem mais aqui, acabou a folia do nojentão!! Eu não sou vingativa, mas é bom ver um babaca se ferrar né?

4 comentários:

Rubina disse...

E não é que é bom mesmo??!!!A sua paciência em deixar passar as paixões, e segurar o barco, só revelam uma qualidade: a esperança que tudo vai voltar ao normal. Beijo

Sujeito Oculto disse...

Sempre, J@de, sempre. Vide minha crônica Cobrador de impostos!

Suzi disse...

Só pude ler o pensamento inicial. A semana inteira acordando às 5h da madrugada, estou caindo de sono.
Mas passei pra deixar um beijinho, querida!
Eu volto e coloco a leitura em dia, valeu?
Bj!

Mosana disse...

coisas da paixão....
mas ver um bbk se ferrar ainda eh a melhor parte..
saudades de vir aqui perua!
by the way.. arrumei seu link!
beijos