segunda-feira, abril 09, 2007

"É que o meu amor é tanto
É um encanto que não tem mais fim
E no entanto ele nem sabe que isso existe..."

A primavera
Carlos Lyra e Vinícius de Moraes


Deu prá perceber que eu voltei do feriado meio derretidinha né? Nada demais, um certo alívio... minha história com o besta do ficante está longe de terminar, mas até onde eu posso ver, não sofro mais, o que sinto é problema meu, e enquanto não acabar, não há como deixar outra pessoa entrar.

Visitei meu pai sexta-feira, ele operou de catarata. Está ótimo, enxergando as rugas e varizes das irmãs dele!! Mas estar com a família do meu pai sempre me dá uma sensação esquisita, como se eu estivesse sobrando, como se em meu lugar quem devesse estar fosse minha irmã... é o que eu sinto, mas não sofro mais por isso também!!

No começo do blog conheci três moças, duas delas pessoalmente. Apesar da distância eram amigas. Conhecíamo-nos as quatro. Porém há cerca de um ano, deixei de ser amiga de uma delas. Os motivos foram comentados em outros posts. Uma das amigas com quem falava por msn soube o que tinha acontecido. Fizemos alguns comentários e só...

Eu me decepcionei porque, ela me julgava, condenava, era arrogante e achava que só sua vontade valia, me falou muita coisa pesada, entrava por um ouvido e saía pelo outro, afinal eu não sou influenciável, mas eram coisas ruins que com o passar do tempo foram me enchendo.

Um dia eu explodi, disse que nossa opinião sobre um certo assunto que ela insistia em trazer ao papo, ia sempre divergir, e que seria melhor não falarmos mais, porque ela pegava muito pesado e eu não estava gostando.

Como ela só gostava de mim se eu agisse, ou fingisse que agia da maneira que ela acha certa, a amizade acabou. Ainda li seu blog por um tempo, depois esqueci, não sei se é uma falha minha, mas quando alguém me decepciona, torna-se indiferente.

Dia desses vi que ela voltou com o blog, li algumas vezes, apenas para constatar que fiz bem em me afastar, porque sua arrogância e fraqueza de caráter não mudaram nesse ano e meio sem nos falarmos.

Mas desde que ela voltou com seu blog, as outras duas amigas não falaram mais comigo, a do msn e a do blog... porque será? Enfim, estou apenas fazendo uma constatação, não sofro por isso também.

4 comentários:

Simaocireneu disse...

Relações humanas... sempre difíceis. Eu já disse e insisto: se existir reencarnação, na próxima quero ser florista, ou veterinário. Lidar com pessoas... tsc, tsc, tsc.
Amplexos do Cireneu!

opiumseed disse...

Não sofrer é sempre a melhor opção.
Pessoas também são sempre a melhor opção, mas aí há de se aprender a escolher.

No fim é tudo isso aí mesmo, escolhas dos outros e as nossas em tensa negociação.

Você trabalha perto de mim então? Deixa um e.mail de contato.

Lee disse...

Deve ser (também) por coisas assim que sou, primeiro indiferente, e só depois que (se) me conquistar (convencer?), passo a sentir...

J@de disse...

Simão meu benzinho!! Saudade docê aqui garoto!! Tava dodinha prá avisar vc e não tinha como... obrigada!!
Beijos!!