quarta-feira, outubro 17, 2007

"Eu quero a sorte de um amor tranqüilo"

Todo amor que houver nessa vida,
Cazuza

Foto retirada do site TecnoCientista.info
Sinto medo, quando vejo fotos do universo... é uma sensação estranha, por ser tão miudinha, e a vida tão efêmera...
Não há sentido no comportamento humano, sua busca diária e desesperada de motivações, de segredos para uma vida melhor, para se conseguir tudo, para ser bem sucedido e tornar-se uma pessoa melhor, para manter-se jovem, para alimentar a criança dentro de si.
O bom da vida fica de lado, na teoria, o que dá sentido à vida, é amar e se relacionar.
Nunca me vi incondicional, mas descobri que é apenas porque nunca serei capacho. Emocionalmente incondicional, sou sim!! Para sentir não é preciso ter vínculos ou condições. É tão somente sentir.
Perdi a credibilidade e o respeito dos casos encerrados e mal resolvidos, não sei se sou capaz de confiar novamente em alguém para sentir e interagir. Penso no meu futuro como um vazio emocional, sem objetivos e sem destino.

Meu corpo dói sentindo a falta de um abraço sincero, abraço de alma, não contatos superficiais de quem quer mostrar algo que não é e não sente. Minha alma dói por perceber a diferença.

7 comentários:

Codinome Beija-Flor disse...

Jade,
Quem nunca se sentiu assim? (nós seres dotados de amor, sentimos muito além).
Mas o "Universo" é tão infinito que sempre haverá novas descobertas, acredite.
Pra vc meu abraço cheio de carinho, embora virtual, é cheio de verdade.
Beijos

°Nathália° disse...

O pior mesmo é quando você só precisa de carinho e as pessoas chegam com meia-duzia de palavras um tanto quanto superficiais.

Não por que queiram, mas provavelmente por não entenderem a urgencia da sua necessidade...

Eu me sinto assim como você algumas muitas vezes...
Logo, acho que poderia de dar um abraço transbordante de sinceridade ^^

Rs

Beijo!

drika disse...

eu fiz um comentário bonitão, mas minha internet deu erro e ñ sei se foi.

mas, resumindo, dê seu amor as pessoas a sua volta q no mais, tudo se acerta!

beijão!

Aninha Goulart ® disse...

Dá uma olhadinha nesse meu blog: http://aninhagoulart.blogspot.com e veja se você quer parceria.
Bjos, Aninha

Claudya disse...

Quando olhamos para o universo, é que nos lembramos o quanto temos que aprender a sermos humildes. Bjs. Muito bom seu blog garota!

Suzi disse...

"Meu corpo dói sentindo a falta de um abraço sincero, abraço de alma, não contatos superficiais de quem quer mostrar algo que não é e não sente. Minha alma dói por perceber a diferença."

Aí, precisava dizer mais nada!

Sall disse...

Meu corpo tbm dói de vez em quando, preciso logo de um amor que entenda de chacras e quiropraxia...rs, só pra começar. Bjs, moça!