quinta-feira, outubro 11, 2007

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"

Eu não ia escrever nada hoje, porque tive um dia ocupado até a hora do almoço, que foi às duas da tarde e estou meio de ressaca, saí daqui tão enjoada de tudo que fui beber!! Mas vou botar prá fora!!

Eu atraio um certo tipo de pessoa que só tomando um banho de sal grosso prá afastar viu? Tudo bem que a culpa é minha porque sempre fui disponível, mas pera lá, ô gente sem noção!!

Gente sem respeito, sem decisão que joga sobre mim a responsabilidade de resolver seus problemas!!

Por muitos anos eu não tinha noção do quanto isso me incomodava, ia lá e resolvia as pendências alheias, emocionais, práticas, enfim... hoje isso me incomoda e estou dando um basta e vou perder amigos por isso. Mas se vou perder, é sinal de que não eram tão amigos assim né?

A frase do título, do livro O Pequeno Príncipe, que eu li já com 40 anos e provavelmente por isso, achei uma merda, traduz para mim muito bem o risco que é conquistar alguém.

Cansei viu?

9 comentários:

°Nathália° disse...

Ser responsável pela felicidade da pessoa, mas não de viver e fazer as coisas por ela, neah?

Espero que sim, porque ser babá não é meu forte...

Beeeijo =*

Ranieri disse...

Parabens pelo blog, realmente ele é demais!
Estou fuçando no seu arquivo e restou adorando.
Bjos!

Aninha Goulart ® disse...

Seu blog já está concorrendo. A enquete está no blog da campanha FRCC. Por enquanto, ficará do lado direito, até que a dessa semana seja finalizada. Bjos, Aninha

Bruno Costa disse...

huauhauhahua eu gostei da sinceridade quanto ao pequeno príncipe. huahuahuahuahuahuahu :*******

drika disse...

engraçado esse post. neste dia eu passei por uma situação assim. pessoas q me colocam num cerco pra resolver seus problemas amorosos.
cansei. dei um basta bem bonito.

acho q amizade é mais q ficar contando problemas. e agradeço por ainda ter poucos, mas ótimos amigos.

beijo pra ti!

drika disse...

resp. pois é, mas aí é q tá. todo mundo q quer entrar pra policia deveria ter treinamento assim. como no exército. e só fica quem tem culhão mesmo!
pq entra qq um e vira corrupto. eu achava meio escroto ouir meu irmão falando q quer ir pro bope. q tem q matar bandido, a forma como ele fala. mas depois q vi o filme, ele terá todo o meu apoio. pq é de pensamento assim q a polícia precisa mesmo. gente q quer fazer, e não descansar.
saí do filme com vontade de estapear um monte de gente q estuda comigo. eu faço fotografia, e na minha sala sobram 3 ou 4 pessoas q ñ usam maconha. incluindo eu. acho isso absurdo. sempre achei. ñ gosto, mas sempre fiquei a parte. eu realmente ñ posso fazer nada contra eles. a não ser dizer q acho errado. ñ ando com eles. ñ pego nem carona. mas agora fico pensando, ñ deveria denunciar? sei lá. dilema.

bom... é isso. o filme é pra isso mesmo. causar polêmica. eu adorei, toda minha família por sinal tb gostou. e tenho certeza, q o apoio ao meu irmão agora é bem maior!
=)

ñ precisa aceitar esse coment. é só uma conversinha entre nós.
beijão! boa semana!

J@de disse...

Nathália, tem gente que confunde mesmo viu? Também não tenho o menor saco!!

Bruno, acho que li o livro na época errada mesmo!! Só sendo adolescente para vibrar com a estória!! hehehehe!!

Drika vc peguei um pedacinho do comentário pro próximo post tá?

Beijos!!

Suzi disse...

mas tornar-se responsável não é assumir o lugar, os problemas e as responsabilidades do outro, jade!
por isso concordo contigo, menos na parte de achar que a frase do principezinho é uma m.

kkkkkkkkkkkkkkk

bj!

solange.a disse...

É engraçado ler este post. Eu sempre atraí pessoas depressivas e sempre gostei muito delas. Será que eu fui a responsável mesmo por tê-las cativado?

De qualquer maneira, li o livro com 18 anos e achei um saco ao cubo! :-P

Beijão