segunda-feira, novembro 24, 2008

Ando devagar porque já tive pressa e levo esse sorriso porque já chorei demais...

Tocando em frente
Almir Satter e Renato Teixeira


É assim mesmo, bem ou mal em sempre arrumo um motivo prá rir, será por isso que a natureza às vezes me sacaneia?? Não... né?

Sábado foi aniversário de um amigo e eu, depois de umas e muitas, no Bar de Neuza (para quem não sabe, fica a 20 metros da minha casa), comecei aquela conversa de bêbado, sem sentido até para quem está tão bêbado quanto eu.

- Ah, sabe qual é? Eu queria mesmo era morrer antes do fim do ano, aí eu não compro casa nenhuma e pelo menos eu deixo esse dinheirinho para meu filho, para ele estudar, fazer faculdade e tal...
Imediatamente meu filho responde: - Se você morrer e deixar esse dinheiro, eu vou gastar tudo investindo em futebol, que é o que eu quero!!
- Ah é seu sacana, então você tá ferrado, porque eu não vou morrer é porra nenhuma, vou comprar nossa casa e vou é ficar bem viva prá fazer você continuar estudando!!

Tem depressão que aguente com isso??

8 comentários:

Codinome Beija-Flor disse...

Não tem não!
E Depressão não combina com vc (embora eu saiba que ela existe).
E como o início da nossa amizade foi por letra de música, vou deixar uma pra você aqui.
Perfeita pra tudo isso e tudo isso vai mudar (sabemos que vai).
Bjos

"Sorri
Quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos, vazios
Sorrir
Quanto tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador
Sorrir
Quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados, doloridos
Sorrir
Vai mentindo a tua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz"

Sorri
Djavan
Composição: Charles Chaplin/G.Parson/J. Turner - versão: Braguinha

Pedro Favaro disse...

Continue bem viva fazzendo seu filho estudar e nos fazendo feliz com seus textos, que estão com uma fina melancolia nos ultimos tempos.
bj

Leandro disse...

Deu na cara dele, é?

Paulo R Diesel disse...

Um filho prático para uma mãe prática.

Beijo Jade

Coral disse...

Filhos! Engraçadinhos! Os meus aprontam sempre! Tenho até medo de quando crescerem, dezem que só piora...
Em Algum Lugar do Tempo.

Desarranjo Sintético disse...

Melhor deixar a depressão de lado e não levar nada disso em consideração, afinal, foi papo de bêbado!
Faz tempo que eu não aparecia aqui!
Abração!

Fábio Nunes.

Desarranjo Sintético disse...

Bom, só para deixar masi um abraço e avisar que te favoritei, assim não esqueço masi de passar aqui.

Fábio.

Gambita disse...

Tal mãe, tal filho...
Por mais que todo mundo tenha um momento depressão e se abale com acontecimentos, custa crer que vc sinta isso tb, sempre tive a impressão de vc ser mto forte, mulher guerreira mesmo.
bjinhos p vc, tudo vai ficar bem, se nao estiver bem é pq nao chegou ao fim (tenho ouvido essa frase mas nao sei de quem é)