domingo, junho 14, 2009

Da série: Tem coisas que eu não entendo!!

Há coisas que realmente eu nunca vou entender no ser humano. Eu pensava que era eu que imaginava coisas, mas com tanta informação através da internet noto que não era porque eu analisava um universo mínimo.

Que raio de evolução é essa pela qual nós passamos? Globalização é o cacete!! O ser humano tem que ser reduzido a grupos pequenos, quando junta muita gente só sai merda!!

Eu sei que toda novidade atrai, isso é normal! Mas eu percebi que desde que surgiram as redes sociais na internet, um fenômeno muito familiar para quem foi criada no subúrbio feito eu, acontece.

Uma rede social é como se você estivesse num bar, na escola, na convivência do seu bairro. Mas em geral uma rede social acaba se tornando uma vila de casas, onde todo mundo quer xeretar a vida do outro.

Aí todo mundo se empolga, vai lá e entra!! Mostra sua vida de cabo a rabo! Aí pronto, casais brigamporque a ex vai futucar o perfil e deixar recados malcriados, alguém pega suas fotos e sacaneia!

Daí a pouco aparece uma função para bloquear estranhos, para ninguém ter acesso às suas informações... não entendo! Se é apenas para seus amigos, porque está aberto na internet?? Manda um email para seus amigos dizendo que está tudo bem, e fica tudo certo!!

Como diz sabiamente, meu pai: "quem tem cu apertado não faz trato com pica grossa!"

5 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Por isso que resolvi me recolher mais na net! Acho que estava me expondo demais e não vale à pena!

Beijocas

Taw disse...

Eu já acredito na inteligência do indivíduo... acho que se alguém faz da forma que faz, não deve ser por acaso... deve ter um outro motivo, nem que seja sutilmente 'oculto'.

:-P

é o que penso...


xD

Márcia(clarinha) disse...

Pois é...há de se ter limites, nada como o real olho no olho, embora já tenha feito muitos amigos pela rede.

lindo dia flor
beijos

Desarranjo Sintético disse...

Bom, é por isso que o orkut fez tanto sucesso por aqui. Porque o pessoal gosta mesmo é de barraco e de se expor...
Cada um que dê seu próprio limite...mas depois não reclame!


Abraços

Fábio.

Leandro disse...

Pois eu concordo!
Se o camarada põe na internet a vida inteira em dados e fotos, não pode reclamar da falta de privacidade.
Nunca vi muito sentido naquele pessoalzinho que reclama de quem "fuça o Orkut".
Mas, convenhamos, bom-senso é como cu: todo mundo diz ter, mas eu raramente vejo.