segunda-feira, novembro 15, 2010

See, although the players change
The song remains the same
And the truth is, you gotta have the balls to change

Change;
Vinnie Jones


Existem coisas que eu não entendo e... sei lá, ver certas coisas cada vez mais me faz perder a fé em pessoas e consequentemente em novos relacionamentos...

Acabei de vir do aniversário do filho de uma amiga, estava indo para o ponto do ônibus e passou um casal...

Ele: Pô fulana (não gravei o nome), você disse que ia maneirar no domingo!
Ela: É fulano, eu maneirei domingo, ontem, sexta, eu estou maneirando desde conheci você!
Ele: Ah tá, você só quer é ficar badalando...

Passaram e eu não pude ouvir mais...

Fiquei pensando... o que leva você a conhecer uma pessoa de um jeito, ou num lugar e logo depois querer que ela mude?

Já passei por isso. Namorei um cara que conheci no bar que eu frequentava, que era do lado da minha casa. Bebendo, rindo e brincando com amigos. Depois de umas semanas ele disse que não queria que eu fosse lá quando ele não estivesse. Mas peralá, não foi lá que ele me conheceu?

Bem, o namoro acabou, é claro e os amigos que eu tinha por lá, não! Nesse mesmo bar foi o aniversário que eu fui hoje.

Pois bem, parte do trabalho em terapia depois que me separei, foi analisar e me perguntar se eu realmente quis que meu ex-marido mudasse... descobri o que já sabia, que não queria que ele mudasse, mas que se adaptasse à uma nova realidade, que era o casamento.

Ele não se adaptou, eu não aguentei!! Mas, depois dessa descoberta eu passei valorizar mais ainda o respeito ao outro. Talvez por isso eu tenha me fechado a novos relacionamentos, além do que eu não dou sorte mesmo!!

Enfim, postei uma vez: Mulheres e homens são tão diferentes na busca de sua alma gêmea... os homens saem com muitas mulheres até encontrarem aquela que se encaixe ao máximo no que eles esperam. As mulheres ficam com o primeiro cara que encontram e querem que ele se encaixe ao máximo no que elas esperam.

Mas não... os homens também querem que as mulheres que eles escolhem mudem... o que a gente ganha mudando alguém que nos interessou justamente por ser do jeito que era?? Ô mundo complicado viu??

11 comentários:

Neto cury disse...

geralmente os homens sofrem mais com as mudanças no casamento, pois querem continuar indo jogar bola, ficar bebendo com os amigos, etc, como faziam quando solteiro... o que você é uma verdade que poucos conseguem enxergar, depois do casamento, tudo é uma nova realidade, e temos de nos adaptar pra dar certo.
Beijo

Flor de Lótus disse...

Oi,J@de!Pois é nós temos o péssimo hábito que querer mudar as pessoas que elas se encaixem no nosso perfil idealizado e perfeito,mas cada um é o uqe é com seus defeitos e qualidades...
Beijos e bom feriado!

Chica disse...

Essa é uma mania e acho que ninguém tem o direito de querer mudar o outro.

Por isso é importante conhecer bem antes de qq outra coisa.

beijo,chica

Dama de Cinzas disse...

Belo post, minha amiga! Como todos que você escreve, de forma tão objetiva e tocando na ferida.

Você já sabe que concordo com tudo isso, porque já conversamos a respeito! Eu mesma recriminava isso nas outras pessoas e cometi esse erro de forma evidente. Mas agora tenho em mente que procuro um homem pronto, nada dessa história de vou ficar com alguém e vou dar um retoque ali, conversar para ele mudar isso ou aquilo. Homem não é escultura que a gente vai moldando até ficar do nosso gosto...

Essa acho que aprendi, se não aprendi mereço dois tapas da próxima vez... eheheh

Beijocas

G I L B E R T O disse...

Jade

somos complexos mesmo, e, mesmo por isso, penso, tão excitantes..

De toda a forma, tuas introspecções e teus textos que visitam o relacionamento homem e mulher é sempre soberbo!

aprendo sempre contigo, mon ami!

Suzi disse...

No fundo, no fundo, J@de, eu acho que a gente tem é medo. Você conhece alguém numa situação, num lugar, de um jeito, muitas vezes até inusitado. Fica bem feliz! Feliz da vida. Começa a namorar. E aí bate o medo e a insegurança: se aconteceu comigo, pode acontecer com outro(a)... Vai que ele (ela) conhece de novo alguém, num dia em que eu não estiver ali, e blá-blá-blá... Pois é... é a vontade de deixar amarrado no pé da mesa de casa, com correntes pesadíssimas.
Isso é muito doido, mas vai me dizer que não é mais ou menos isso?

Eu AINDA gosto de apostar. Apostar que a minha história jamais vai se repetir, apostar que se o cara não quiser ficar comigo quem tá perdendo é ele, apostar que eu vou ser feliz de qualquer jeito, apostar que, duvido, apareça alguém tão mais legal na minha vida que valha a pena eu ficar implicando com besteiras... apostar, apostar, apostar...
E se eu perder... ah, não se ganha todas, né?
;)
"O importante é participar" rs

p.s.
eu lembro direitinho desse post que você falou aí. e até duvido que não tenha comentado qualquer coisa. vou até lá dar uma olhadinha... rs

Beijos, moça!!
Sorte nas apostas"

Suzi disse...

Ah, sorte pra tu, pra yo, pra geral!!

VaneZa disse...

tambémqueria entender essas pessoas que conhecem a gente de um jeito e depois querem que a gente mude. E isso não tem nada a ver com se adaptar a nova realidade de casado. Só que muitos confudem... acham que se adaptar a nova realidade é mudar a personalidade.

BeijoZZz

Marcos disse...

Jade, seu post está otimo porque é assim mesmo... as pessoas conhecem outras e gostam do que encontram, e depois que entram no relacionamento começam querer as mudanças.

Mudar uma pessoa é errado para os dois, pois ela vai ficar infeliz e você com alguém que não é verdadeiro.

Relacionamentos são dificeis de colocar dentro de um saco e dizer que são todos iguais... cada um.. é cada um!

Bjs e boa semana!

disse...

Oi, Jade!

Eu acho que se o comportamento da pessoa não agrada nem vale a pena começar a relação, pois, nem sempre, ela vai mudar. É algo muito complicado... Os seres humanos são complexos demais hehe

"os homens também querem que as mulheres que eles escolhem mudem"

Com ctz, concordo!

Bjos

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

o amor é complicado... a gente idealiza muito.
imagina como deve ser o parceiro, a parceira e o pobre coitado que se encaixe no que sonhamos. e vice versa, a gente tb de príncipe vira sapo rapidão.

e quer saber? no fim vira uma mierda.
ué, vc se apaixona por uma pessoa que vira outra só pra te agradar! tem graça isso? a gente quer a pessoa que amamos do jeito que sonhamos, mas que seja aquela pessoa pela qual nos apaixonamos!
vixe...piorou!

é o nó do amor!
bom dia