sexta-feira, janeiro 05, 2007

Cortei o cigarro, cortei a bebida e cortei o sexo, próximo passo: cortar os pulsos!!

Brincadeiras à parte, este é o primeiro fim de semana das resoluções. Uma semana direto sem fumar (até o dia 31 eu dei umas pitadas), sem beber e sem procurar o bestão do ex-ficante!! Só prá constar, não tenho mais nenhum sentimento por ele, amor é como planta né, se não cuidar, morre, é clichê, mas é verdade!!

Ninguém encontrou os três quilos que perdi, e do jeito que eu estou malhando, logo, logo terei emagrecido mais!! ´

Mas uma coisa chata tem acontecido... a velhice e o medo da morte têm sido pensamentos constantes, com certeza ainda por causa da depressão, ainda mais que eu fico lendo pelaí, né moça?

Mas eu estou decidida a não me deixar dominar mais por esses pensamentos... faço força prá não lembrar que estou envelhecendo, estou saboreando a maturidade que vem chegando mansa, mas firme. Quando minha pele e minha cara começarem a me incomodar, eu páro de olhar no espelho, eu heim!! Prerifo pensar que os 40, são os 20 do século 21!!

O mais importante é que eu me sinto muito amada!! Amada por meu filho, por amigos, parentes adotados. Lembram daquela moça, que eu falei ontem? Ela e o marido vivem juntos há 7 anos, resolveram casar e ela me chamou prá ser madrinha!! Puxa fiquei super feliz, isso é coisa de irmã né? E a relação deles é tão bonitinha, tão recíproca... seremos padrinhos, eu e Armando.

Mas eu sinto muita falta de um parceiro... um namoradinho, alguém que me ame, como um homem ama uma mulher sabem? Amar por amar, pelo sentimento apenas... gostaria de conhecer alguém e ficar com ele apenas pelo prazer de estar junto, pela conversa agradável, pelo tesão em fazer sexo, pelo beijo molhado e gostoso...

Não quero um candidato a filho, nem quero ser uma candidata a pensão alimentícia, que nenhum dos dois seja depositário dos sonhos nem pára-raio das frustrações do outro.

Enquanto isso eu vou curtindo Billy Idol

When there's no-one else in sight
In the crowded lonely night
Well I wait so long
For my love vibration
And I'm dancing with myself

Oh dancing with myself
Oh dancing with myself
Well there's nothing to lose
And there's nothing to prove
I'll be dancing with myself

7 comentários:

Pink (a moça) disse...

ahahaha!! Eu morro de medo da velhice, da morte nem tanto!! As duas são inevitáveis!! Massssss a velhice pode não vir se a morte chegar primeiro... ahahaha!! Jadeeee, não vou me matar tá!! Mas é que pensamentos de vida e morte são um constante duelo na minha vida!! Fazeoque??!! Vida de bipolar é assim!! heheheh

Emilia disse...

Olha que bom, ser escolhida para madrinha. Isso é coisa de fada, viu Jade!
Gosto muito de sua sinceridade.Eu já disse isso lá no meu blog.Você é muito autêntica.Vai encontrar tudo de bom. Eu sei que vai e torço para que assim seja.
Quanto à idade, quem me dera ter a sua! Mas envelhecer é bom. Ser velha é que é ruim. Procure envelhecer sem se tornar velha. Verá que é gostoso.
Abraços.

Anônimo disse...

Jade,
Deus me livre de encontrar novamente com meus quilos, tanto que digo sempre que "ELIMINEI" esse negócio de perder tô fora, depois acabo encontrando.

***Você me fez rir por um tempão com o comentário que fez no posta da Emilia, sobre os sapatos masculinos.

Beijinhos

Anônimo disse...

Jade,
Deus me livre de encontrar novamente com meus quilos, tanto que digo sempre que "ELIMINEI" esse negócio de perder tô fora, depois acabo encontrando.

***Você me fez rir por um tempão com o comentário que fez no posta da Emilia, sobre os sapatos masculinos.

Beijinhos

Fernanda disse...

Homens filhos são um problema, porque dependem emocionalmente de vc. Mas têm tb os homens pais, que querem mandar em vc, isso tb não é nada bom... Legal mesmo é um homem irmão...

Colocando de forma inversa, vale pros homens tb...

Sujeito Oculto disse...

Não tenho medo da idade. Sei que ainda sou novo, mas se fosse mais novo, me consideraria velho. Se é que você me entende. Gosto das rugas aparecendo e não tenho problemas com cabelos caindo. Acho que são bons sinais.

Dono do Bar disse...

Tô gostando de ver!!!

Olha, eu parei de fumar faz quase 3 anos e desencanei total. Junto com o cigarro, também cortei a bebida e não faz falta!

Só não cortei as bolas, pois preciso delas!

Força, amiga!

Beijos.

DB.