segunda-feira, setembro 03, 2007

Música de mulher sem-vergonha!!

Eu achei que ela seria diferente da mãe, porque ela cantou...

E é pra não ter recaída que não me deixo esquecer
Que é uma pena, mas você não vale a pena,

não vale uma fisgada dessa dor...
(Não Vale A Pena
Edu Tedesco)


Depois cantou...

...não caio do salto não grito,
não falto com a minha verdade
Sinceridade, sai que a fila tem que andar.

(Conta Outra
Jean & Paulo Garfunkel)


e agora ela me vem com...

Seja do jeito que for, eu te juro meu amor
Se quiser voltar, tá perdoado...
(Tá perdoado
Arlindo Cruz)


Eu heim, essa Maria Rita é muito sem-vergonha, fala sério!! Hã?? Heim, hum... se eu dormi de novo com o ficante? É... dormi... mas eu não sou sem-vergonha, de jeito algum!!

Depois desse mês de agosto de merda, setembro tinha que começar ao menos com uma noite mal-dormida!!

3 comentários:

Anônimo disse...

Noite mal-dormida ou muito bem acordada e acompanhada?
Fala a verdade pra gente, se noite mal-dormida é assim, vc quer é mais passar o resto da vida sem dormir, não é?

Bjos
Esfinge

Márcia(clarinha) disse...

"Nos convidaram para uma festança
Tinha show de dança e de balé
Nunca vimos tanta comilança
Enchemos a pança de canapés"(Zeca Pagodinho)
Aff! que noitada boa,rss
lindos dias de setembro, flor
beijos

Osc@r Luiz disse...

Agosto já foi. É passado!
Lá no Flainando está o "SOl de Primavera" marcando a chegada de setembro e mudando esse negócio esquisito que agosto sempre traz.
Beijos!