quinta-feira, setembro 13, 2007

Sometimes being a bitch is all a woman has to hang onto.

Tradução próxima: Às vezes ser uma "filhadaputa" é tudo que uma mulher tem para se apoiar
Vera Donovan;
Dolores Claiborne, livro de Stephen King,
Título do filme em português, "Eclipse Oculto"


Quem chega aqui, encontra minha foto e milhões de referências pessoais!! Como diz Marcinha, só falta eu colocar endereço e telefone!! Quando eu escrevo, carimbo esse blog com minha pele, minha alma, meus sentimentos!!

Este blog sou eu. E por isso, apenas três pessoas sabem de fato, meu endereço e telefone. Esfinge, que conheci por blog, Lee, que viveu comigo, conhece minhas loucuras, e Marcinha, sua esposa que também me conhece do avesso!! Amigos.

Mana, Mosana e Sol, não nos encontramos pessoalmente, sabem de minha loucura pelo blog. Amigas.

Essas pessoas que me conhecem, lêem, comentam, falam por msn, concordam e discordam, sem jamais terem me julgado pelo que escrevo, sequer questionado qualquer comportamento aqui descrito.

Depois de um incidente que me levou a trocar a url do blog raramente comento que tenho este blog. Quando cometo o deslize de falar, não dou o endereço.

Portanto é quase impossível, a não ser que eu vá algum dia a um encontro de blogueiros, que eu conheça pessoalmente outras pessoas que me lêem.

Isto posto e guardando as devidas proporções, eu nunca vou me foder se alguém me encher o saco, mando tomar no rabo e pronto, mas não consigo entender porque é que, quando eu digo claramente que não quero fazer uma coisa, há pessoas que insistem, e insistem mais e mais?

Quer me perder, encha bem meu saco depois que eu digo não. Meu limite é curto, principalmente quando se trata do meu blog. Questão pura e simples de respeito.
É maluquice minha, só pode ser, mas parece até que eu faço um teste, e raramente alguém passa. Quase ninguém. E quem passa, tem meu corpo e alma. Quem não passa, não tem nada.
Ontem com insônia entrei numa sala de bate-papo ontem, e conversei com um cara. Interessante, jovem, simpático, maduro, carinhoso, julgando pela primeira conversa, que durou umas duas horas, muito diferente dos últimos caras que conheci, o que despertou em mim um grande interesse.
Perdoem-me a superficialidade mas, além de tudo, ele disse que tem 1,87m e eu adoro homens altos! Hoje novamente ele me ligou, eu caí na asneira de dizer que estava adicionando coisas no blog. Ele pediu para ler, eu disse que não, ele insistiu e disse prá eu não ser boba, que não tinha nada demais.
E eu fui franca: "Vai insistir? Se eu lhe der esse endereço, não vamos nos conhecer, não vou mais querer falar com você." Ele insistiu. Matou a curiosidade, e com ela meu interesse e a chance de nos conhecermos. No fundo, me deu uma tristezinha porque eu tinha gostado dele...
Isso é Certo ou errado? Não sei, é assim que eu sou.

11 comentários:

Mulher Aspirina disse...

Zonza de sono também, rs... pois é Jade, para participar da promoção eu teria que utilizar aquela frase, mas está entre "aspas", claro! Já diz tudo né? rs... A escrita não foi minha.
Beijocas e boa noite.

Dama de Cinzas disse...

Jade, como diz minha vó: "a curiosidade matou o gato"!

Se relacionar com caras que lêem o blog é uma questão de escolha, sem a menor sombra de dúvida! Ou o cara ou o blog! Dependendo da criatura, como nesse caso, melhor ficar com o blog meeeeesmo!

bjs

Solange A. disse...

Santa, apesar de eu não ter conhecido o Alan por uma sala de bate papo, eu optei em dar o endereço do blog pra ele. E que vergonha... A família dele (todos já moravam aqui) começou a me conhecer pelo blog. Sei lá, esse negócio de mostrar o blog ou não, não tem muita regra, parte de cada um de nós nos sentirmos vontade de escondê-los ou mostrá-los.
Mas, olhando sob o ponto de vista da Dama de Cinzas, concordo 100% com ela.
Obrigada por me considerar uma amiga! Você é uma amiga muito querida também!
Beijocas

Rubina disse...

E ele perdeu a oportunidade! Beijinhos

Anônimo disse...

Ah!!!!
Ontem eu tinha deixado um comentário enorme aqui, pelo jeito deu "POBREMA". Faço tudinho novamwente. Era + / - assim:


Besta quem não tiver o prazer de conhecer você, de não ter idéia da pessoa especial que vc é.
E eu posso falar né! Tenho seu telefone, endereço, alma... o corpo... não quero não,tá! Que eu gosto de "minino" e o corpo vai ficar pro grande amor que você ainda vai encontrar na vida, (acredite! eu tenho bola de cristal e já vi isso nela).
Pouco me importa se vc usa seus "palavrõezitos" gosto de vc mesmo assim, e vc tem que aprender uma coisa: VC É QUEM PAGA SUAS CONTAS, tem que parar com essa mania de achar que as pessoas vão viver te julgando, como vc diz em bom palavrão " F... - SE" (embora vc saiba muito bem a minha opnião sobre o "f... - se" - já disse que de for FFFF é porque é tudo muito gostoso), mas vamos lá.
Vc deveria é deixar esse mundo virtual de lado, apreveitar o tempo num bom teatro, em exposições, na caminhada pela praia, em shows, cinema, seja lá onde for... mas em lugares em que vc possa mesmo ver nos olhos das pessoas.
É tão mais fácil olhar na janela da alma, a tela do micro é muito fria e nem sempre conseguimos ver exatamente como o outro é.
Ah! um pedacinho do corpo eu aceito sim, o ombro amigo né!
Raras são as pessoas que possuem amigos verdadeiros, que não julgam, amigo mesmo faz questão de mostrar que podemos ver por outro anglo e às vezes nos ajudam e olhar com outros "olhos".
E é bem assim que é a nossa amizade.
Beijinhos
Esfinge

Neto cury disse...

Acho que com isso você está perdendo algumas oportunidades...
E acho que elas não devem ser desperdiçadas.

J@de disse...

Neto acho que você está certo, por isso me deu uma tristezinha sabe? Mas por outro lado, se ele está como endereço, leu o post e não me procurou é porque a oportunidade talvez não fosse tão boa assim né?
Beijos!!

Marcinha disse...

Miga! O neto está certo em parte. Oportunidade num relacionamento acontece de ambas as partes. Se ele tb aceitou uma negativa com tanta facilidade, se ele não comentou o blog, é porque não tava tão afim assim. Não coloque a culpa toda em vc!

°Nathália° disse...

Acredito que quando for a hora certa, voc� nem vai se importar dele ter ou n�o o endere�o do seu blog.

Sei l� as pessoas falam tanto isso que j� at� virou clich� mas eu acredito sim que a gente sabe quando � o melhor momento.

Fico aqui torcendo pra que seu momento certo chegue logo e seja muito perfeito ^^

Beijos.

drika disse...

eu acho que respeito é o começo de tudo. se vc ñ queria dar o endereço, ele deveria ter respeitado. se ñ consegue respeitar o mínimo, q dirá o resto. portanto, mais uma vez, concordo com vc.

bom, passando rápido pra deixar um oi e desejar boa semana. fico devendo a leitura dos anteriores. beijos.

Beto disse...

Pois é, vc mesmo já respondeu no final. Isso é certo ou errado? Não se sabe, mas é assim qeu vc é...

E nem acho tb que vc esteja buscando essa resposta, porque vc já tem...vc avisou o cara...ele ainda assim insistiu...sifu.

Foi mal pelo sumiço, mas duas semanas por mês eu fico muito ausente do mundo blogueiro por causa do trabalho.
Bjs