quarta-feira, maio 14, 2008

Já parou prá pensar em como existe gente imatura nesse mundo?? Gente que acha que tudo tem que ser feito à sua vontade e tem até aqueles que esperneiam quando não conseguem, agindo sim, como crianças de 2 anos.

Ontem eu fui na Santa Casa, no meu horário de almoço. Tinha apenas uma pessoa na minha frente, e logo eu fui. O tempo em que cada um fica na máquina varia, no meu caso são sete minutos, mas há pessoas que ficam 20 minutos!! Uns tratam psoríase, outros vitiligo e a Santa Casa só tem uma máquina de ultravioleta-B.

A máquina fica de frente para um corredor que vem da sala de espera. Quando eu terminei, veio uma mulher junto com a atendente para usar a mesma máquina. Aí chega uma outra, já da porta de entrada dizendo para a atendende: "Oi lindinha, tudo bem?"

Passou pelo corredor e quase me derruba, porque não soube esperar que eu lhe abrisse o caminho (talvez ela só saiba olhar para frente, pensei).

Foi se enfiando na frente da mulher que estava esperando, meteu a cara dentro do biombo onde a atendente programava o tempo e só aí olhou para a mulher esperneando: -" Ahhhhh, você fica esse tempo todo na máquina?? Aiê deixa eu fazer na sua frente aí vai..."

Eu que já ia saindo, até voltei para olhar e a outra respondeu: "Sinto muito, mas assim como você, eu também trabalho, não posso dar minha vez não"

Falando isso, ela olhou para mim e recebeu de mim um sorriso e meu olhar de aprovação!! Vim embora satisfeita porque, pior do que esses tipinhos que se acham a última batata do pacotinho, são os que pensam que eles são mesmo!!

10 comentários:

Nathália disse...

Hahahaha!
Até eu me senti de alma lavada agora.

:*

Pedro Favaro disse...

gente mal educada merece o inferno.


bjs

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Translúcida disse...

Faz tempo que não vinha aqui, mas como passei lá pela Dama de Cinzas resolvi dar pitaco. Eu acho que essas pessoas que "se acham", no fundo não se acham - aqui com duplo sentido: não se encontram, estão perdidas. No fundo do labirinto de sua alma há um minotauro que as incomoda, e em vez de elas irem corajosamente lá para o fundo, com a força de um Teseu, e exterminarem o bicho sanguinário, que fazem? Procuram esconder o que está la dentro, abafar o barulho do mundo interior, com a gritaria, os gestos, a pantomima que representam no mundo exterior. Nessas horas, o equilíbrio é mesmo um fio que a emoção-Ariadne nos estende, para que possamos verdadeiramente combater o mal (mas isso só faz quem quer).
Eu sou muito tranqüila, e quando vejo pessoas agindo assim, confesso que tenho até dó. Já passei por muita coisa na vida, sei bem o tanto que sofri, e devo confessar que já fui assim também. Alguns anos de Mellanie Klein me ajudaram demais.
Quem está bem só se abala com os balanços do sismógrafo interior. Quem está mal sai pelo mundo fazendo mal aos outros, e aí fica mesmo difícil de agüentar.
Eu, euzinha de mim, experiência íntima, prefiro nem dar mais atenção. Luto pelos meus direitos, sim. Mas não dou mais bola. Como diz uma prima minha: tá de cara feia? Tá com fome.
Beijos!

J@de disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
J@de disse...

Translúcida, venha sempre por favor, você é muito bem vinda!!
Beijos!!

Paulo R Diesel disse...

Tem cada um!! Vai ver que era este anônimo que queria passar a frente. Kkkkk

Bj.

Desarranjo Sintético disse...

Olá!
Entrei no seu blog por indicação da Dama de Cinzas, do Blog Confissões Ácidas (www.confissoes-femininas.blogspot.com).
Gostei do seu blog!
Quanto ao post, põe imaturidade a daquela mulher, é pior que imaturidade, é sem-noção. É muita gente que quer dar uma de espertinho e não podemos ficar dando atenção a esse tipo de pessoa, já chega o governo tirando nossos direitos ainda temos que ficar dando nossos lugares na fila?? Nãooooooo.

Aparece no meu blog:

www.desarranjosintetico.blogspot.com

Abraço.

Fábio!

srta. rosa disse...

Uhú!Eu adoro gente assim, eu me meto até quando tem um querendo dar de engraçadinho! Palmas pra moça. E tenho certeza que o seu olhar de aprovação a ajudará a agir assim outras vezes...

Bezzos, querida!

Codinome Beija-Flor disse...

Nega!
Me acabo de rir mesmo, foi com a sua resposta, pro "Anônimo", sobre seu post, já falei atpe, vc escreve de um jeito impar, sem igual.
Bjos