quinta-feira, abril 16, 2009

Coração de mãe não se engana!!

Ontem, mais ou menos uma e meia da tarde, o pai do Gabriel me ligou perguntando onde ele estava porque tinha que passar lá em casa para entregar um negócio para ele.

Eu disse que ia tentar achá-lo e dei as explicações possíveis: "ou o celular está dentro de casa e não pega", ou "ele dormiu porque acorda muito cedo e sempre dorme depois do almoço", ou "saiu da escola e passou na estola antiga para vir com os amigos para casa".

Mas a mim mesma eu não convenci, na hora pensei: "esse moleque foi atropelado". Mas é aquilo, eu só penso merda mesmo... tentei ligar e não consegui, mas passado um tempinho o Gabriel me ligou e disse que estava em casa e estava tudo bem.

À noite quando eu já estava perto de casa ele ligou dizendo que não queria ir para a academia porque estava com enjôo (todas as doenças do Gabriel ele chama de enjôo), e não queria ir. Como eu já estava perto de casa deixei para conversar quando chegasse.

Entrei em casa e tomei um susto! O moleque estava com o nariz, a testa e o joelho ralados e o pulso inchado e uma cara de cachorro que caiu do caminhão de mudança!! Eu já fui perguntando o que aconteceu e ele dizendo que tinha caído e eu apertando porque não estava acreditando!!

Por fim ele confessou que foi atropelado por um carro quando ia para casa. O motorista o socorreu, mas não precisou ir ao hospital porque não havia nada mais que a cara e o joelho ralados.

É foda viu? O pai esteve lá, viu, não acreditou quando ele disse que caiu, mas deixou para lá afinal de contas: "pô Patricia eu não acreditei, mas ele não quis me dizer"...

Gabriel me ligou agora dizendo que já está em casa porque o pai foi buscá-lo na escola... enquanto o pai purgar a culpa ele vai de carro para casa!!

Aí hoje eu recebo esse email, é ou não é verdade??

A minha mulher caminhava com minha filha de 4 anos, quando ela apanhou qualquer coisa do chão e ia pôr na boca.
Ralhou com ela e disse-lhe para nunca fazer isso.
- Mas, por quê? - Perguntou ela.
A minha mulher respondeu que se estava no chão, estava sujo e cheio de micróbios.
Nesse momento, a minha filha olhou-a com admiração e perguntou:
- Mãe, como sabe tudo isso? É tão inteligente...
A minha mulher respondeu-lhe:
- Todas as Mães sabem estas coisas. Quando alguém quer ser Mãe tem que fazer um teste e tem que saber todas estas coisas, se não, não pode ser Mãe.
Caminharam em silêncio e depois de alguns minutos, depois de pensar no assunto a minha filha de repente disse:
- Ah, já percebi. Se você não passasse no teste, você seria o Pai.
- Exatamente... Respondeu minha mulher com um grande sorriso na boca.

4 comentários:

Coral disse...

Falou xará! Eu e minha filha rolamos de rir com essa história. Esse negócio de teste para pai...
Melhoras para seu filho acidentado.
Beijos para ti.

Gambita disse...

hheheh, otima a da menininha!
Esta tudo bem com o Gabriel agora?
Não adianta, mães sempre sabem tudo, por mais que a gente queria esconder, ou que a gente pensa que esconde.
Beijos!

Suzi disse...

ahahahaha!! a histprinha final é o máximo!
melhoras pro filhão, saúde pra você, para que continue assim, na atividade, e perdão pro pai... ele é "apenas o pai"...
;)

(saudades!)

Maldito disse...

Mãe é mãe, semopre,...
Inté