quarta-feira, fevereiro 24, 2010

And don´t tell me you´re sorry cause you´re not. Baby when I know you´re only sorry you get caught.

Take a bow
Rihanna


É sempre assim... a pessoa faz a merda. Aí quando alguém descobre, fica com cara de bunda, pede desculpas, como se estivesse sofrendo muito por ter feito aquilo...

Ou não pede desculpas, só fica quietinha esperando a pessoa que ela sacaneou esquecer o assunto ou finge que aquilo não aconteceu, como alguns homens que na balada trepam sem camisinha.

Sabem quando a criança quer se esconder e tapa os olhos achando que assim ninguém vai vê-la? Porque a pessoa não pensa na hora que está fazendo a merda? Não mede o que vai falar? Não se previne?

Ninguém é perfeito, mas é irritante, principalmente ver uma pessoa fazendo a mesma coisa sempre e sempre e sempre parece que está sempre buscando o limite dos outros... pior ainda quando é com a gente!!

Não é pra deixar de interagir com o mundo ou viver dentro de um planejamento restrito. Mas "pelamordedeus" seja bom ou seja ruim, fez a merda, assume, mete a cara e foda-se o resto!!

Pede desculpas, faz um teste de HIV, separa da amiga/parente/parceiro que sacaneou você, aceita a sentença que o juiz lhe deu. Mas não... tem gente que tem que tomar na bunda pra aprender e muitas vezes não aprende!!

Um adendo: Eu já estava há uns 4 meses para escrever esse post e não saía nem por fórceps!! E de repente, fazendo ou não sentido, saiu tudinho de uma vez só!! Iuhú, J@de voltando a ser blogueira!!

4 comentários:

Taw disse...

hum... essa vida é muito difícil... mas concordo... se errou a melhor forma de resolver e superar é encarando de frente as consequências... nem é tão difícil assim... só requer um pouco de coragem...

Dama de Cinzas disse...

Sempre assumir o que faz! É difícil, mas acho super necessário!

Beijocas

Le Vautour disse...

I couldn't agree more! É que esssas coisas da órbita da coerência, da assunção de responsabilidade, de arrostar corajosamente não acontecem muito.
De minha parte, mudando de pato para ganso mas permanecendo no mesmo lago, fico feliz de vê-la voltar a blogar.
Abraços de duas asas!

Suzi disse...

É, minha cara. Não é pra qualquer um, embora devesse...