quinta-feira, setembro 22, 2011

Rasgando seda mesmo, e daí??

Quando eu comecei a me relacionar através da internet (eu fui rata de sala de bate papo do Uol), e mesmo quando comecei o blog, eu dizia que escrevia do mesmo jeito que falava.

Eu achava que sim, mas a Mari, quando esteve no Rio e me conheceu disse que eu sou mais agressiva nos posts e muito doce pessoalmente...

Enfim, minha comadre sempre que me liga, termina dizendo: "te amo". Eu acho isso muito fofo, mas eu não sou assim... com o passar dos anos, chego à conclusão que para expressar carinho, sou muito melhor escrevendo do que falando...

Semana passada, depois de muito tempo sem me interessar por ninguém, conheci um cara por quem me encantei. Daí encontrei novamente com ele e falei tanta merda que minha vontade era esfregar minha cara num muro chapiscado!!

Definitivamente eu sou melhor escrevendo!! Mas além de escrever, gosto de me expressar com música! É bom porque às vezes uma frase diz tudo que você quer né?

E uma colega de trabalho que também é muito musical, me apresentou algumas cantoras que eu não conhecia e que eu estou adorando. Uma delas é Eliza Doolittle, que deu uma interpretação linda a essa música (o link é dela traduzida) do Coldplay.
E isso tudo foi para dizer, pegando o gancho do post, para a Dama de Cinzas, a quem, por minhas crises pessoais estou devendo muitas visitas, agradecendo seu carinho, o que a minha boca mesmo não sabe falar...

8 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Obrigada pelo carinho, Jade!

Eu que já te conheço bem pessoalmente, posso reafirmar que tu é bem mais agressiva nos textos e bem mais doce pessoalmente. Sei também que sua fase de vida profissional mudou muito desde que nos conhecemos. Então dou sempre um desconto para suas ausências virtuais porque sei que realmente está atolada de trabalho.

Mas sobre seu post é isso mesmo, acho também que me expresso melhor escrevendo. Se bem que quando gosto de uma pessoa, tenda a dizer sempre isso para ela.

Acho que o mundo carece de palavras de carinho, as pessoas se agridem com uma facilidade imensa, mas tem medo de demonstrar afeto e serem taxadas de tolas, bobocas e tal. Eu procuro não pensar muito nisso. Mesmo assim, ainda sou melhor escrevendo do que falando... rs.

Beijocas

Dama de Cinzas disse...

Realmente bonita a música!

Engraçado que essa noite sonhei que ia ao Rock in Rio ver o Coldplay e chegando lá era um grupo de gente cantando e dançando tão desafinado que tiveram que parar o show do meio e devolver o dinheiro de todo mundo. Olha que doideira... rs.

Beijocas

Fernanda Iasi disse...

Já vim pitacar! Acho que gratidão e reconhecimento são duas coisas lindas, e temos mais é que rasgar metros e metros de seda pura com quem nos faz bem. Isso é amizade genuína, coisa rara hoje em dia. Bjo!

Cacá - José Cláudio disse...

Eu me sinto meio assim também, J@de, embora nos últimos anos eu tenha me esforçado bastante para me manifestar mais na pessoa do que no papel, mas continuo achando que me solto mais escrevendo do que falando. À medida que vou envelhecendo sinto mais necessidade de aproximação física com as pessoas e externar os afetos sem medo de ser ridículo nem de me tornar mais feliz com isso. rsrs. Identifiquei-me bastante com seu texto. abraços. Paz e bem.

José Sousa disse...

Querida J@de!
Adorei o texto, pois amar alguém é o tratamento de nosso coração e alimento da alma!
Gostaria de saber como se faz, clicando numa palavra logo abre um outro blog!?

Um beijo e bom Domingo.

Mulher de Fases™ disse...

Tb já fui rata de chat. Já fiz de tudo um pouco rsrs até conhecer as antigas salas do MSN. Lá o foco era outro, fiz amizades q duram até hoje mesmo virtualmente. E isso já faz uns 10 anos. Tb não sou muito boa em me expressar e em agir, sou considerada meio fria por isso, sei lá, acho q sou prática demais, mas isso não quer dizer q eu seja insensível. Adoro me expressar através de músicas. Uso quase diariamente algum trecho de alguma no MSN ou FB e já publiquei muitas no blog também. Beijo !!!

Tatiana disse...

Rsrs...da uma raiva né? Os pensamentos estao a mil e as palavras saem atropeladas, principalmente quando estamos nervosas, quem ja nao passou por isso...rs.
Se ele valer a pena, terá lido as entrelinhas...estarei torcendo!!!
Bjs!

Pattr!cia disse...

Menina... você não tem noção do que é escutar essa música, ao vivo, no show do Coldplay. Arrepia até perereca pelada. rs