quinta-feira, outubro 04, 2007

Tem coisas que eu não entendo...

eu não disse que tinha mais rabujice?

Tempos atrás, eu vinha trabalhar e os funcionários da Petrobrás faziam uma manifestação na rua por conta de uma greve.

No "palco" um líder sindical bradava: "Temos que protestar, companheiros, o governo não pode suspender nossos salários!! E depois? Eles vão pagar os juros do agiota para quem iremos pedir empréstimo?"

Eu sou só uma simpatizante de centro esquerda que não sabe nada, mas fiquei me perguntando... se o cara faz greve, sabe que corre o risco, afinal de contas é uma negociação onde um quer e o outro não quer dar, e certamente haverá pressão de ambos os lados né?

Então porque é que ele acha que pode deixar a população na merda e o governo não tem o direito de lhe suspender o salário?

Porque estou falando disso? Porque esse é um puta dum exemplo de como tem gente folgada no mundo!!

Aguardem que amanhã tem mais!!

Update: A
Dama de Cinzas deixou um ótimo comentário, concordo com ela, a greve é um dos poucos instrumentos de negociação que muitas classes têm, queria esclarecer então que minha bronca não foi com relação a greve, o que me deixou indgnada foi o sujeito supor que se o salário fosse cortado ele teria que ir num agiota e aí quem pagaria os juros? Ir num agiota é problema dele não nosso, né?

3 comentários:

dama de cinzas disse...

Linda! Se a greve for considerada legal, o empregador não pode cortar o salário. A greve é um direito do trabalhador. O único jeito que ele tem de pressionar para conseguir algo! A questão reside apenas se a greve é legal ou não e isso a justiça é quem decide!

Cin disse...

Tem selinho pra vc, passa lá.
Bjs

Suzi disse...

Já que vamos falar de indignação e de greve, vamos logo botar mais lenha pra queimar: e a regulamentação do direito de greve do servidor público que nosso Congresso, desde 1988, ainda não teve tempo de fazer???
Ninguém entra com Mandado de Injunção, né?

E o aviso prévio, que era pra ser de "no mínimo 30 dias", só até que viesse lei que regulasse a matéria, para que passasse a ser proporcional ao tempo de serviço? (empregados com 20 anos tem os mesmos 30 dias para procurar novo emprego qd são mandados embora, que aqueles que têm um ano, por exemplo.C)

Enfim, tem gente folgada demais no Congresso, no Planalto, na rua, nos palanques, nos carros de som, no prédio da gente, no escritório, na sala ao lado... blá-blá-blá.

CANSEI!

:o)

Saudades daqui, J@de.